Ucraniana mãe de 12 filhos morre em combate contra forças russas

A mãe de 12 filhos, médica, morreu na linha de frente de combate contra a Rússia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Olga Semidyanova, de 48 anos, morreu na linha de frente combatendo forças russas (Facebook/Sasha Semidyanova)

Olga Semidyanova, de 48 anos, foi fatalmente ferida durante uma batalha na fronteira entre Donetsk e Zaporizhzhia no sul da Ucrânia em 3 de março.

Publicidade

A mãe de 12 filhos servia o exército desde 2014, e foi afirmado que ela vinha combatendo as forças russas após a maioria de sua unidade ter sido morta.

Sua família acredita que ela foi atingida no estômago, mas o corpo ainda não pôde ser recuperado devido ao contínuo conflito na área, deixando seus familiares desolados.

Sua filha, Julia, disse ao The Sun, “ Ela salvou os soldados até o fim”.

“Temos fotos do local da morte, mas devido ao conflito intenso ainda não conseguimos enterrar minha mãe”.

Olga, que possuía o título honorário de “Mãe Heroína”, tinha 12 filhos, incluindo seis que ela havia adotado de um orfanato local.

Ela morava na cidade de Marhanets, a cerca de 240Km de onde ela foi morta.

Volodymyr Zelensky disse no início desta semana que cerca de 1,3 mil soldados ucranianos foram mortos desde 24 de fevereiro, quando a Rússia invadiu o país, embora o número real seja desconhecido.

O número confirmado de civis que perderam a vida na Ucrânia é de 691 pessoas com mais 1.143 feridos, disse o Escritório de Direitos Humanos das Nações Unidas na terça-feira (14).

Fonte: Metro UK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Bomba não detonada em obra na área comercial de Nagoia

Publicado em 18 de março de 2022, em Sociedade

Uma munição não detonada foi encontrada no terreno de uma obra perto da estação de Nagoia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Especialistas da Força de Autodefesa lidam com a munição (CBC TV)

A polícia recebeu um telefonema sobre a munição não detonada encontrada no canteiro de obras de um condomínio residencial, em Nakamura-ku Meieki Minami, na cidade de Nagoia (Aichi), por volta das 9h30 de quinta-feira (17).

Publicidade

Segundo a polícia, acredita-se que a bomba não detonada encontrada seja uma lançada pelos militares dos EUA durante a Segunda Guerra Mundial.

Aproximadamente 4 horas e meia após a denúncia, as Forças de Autodefesa tomaram medidas de emergência para evitar uma explosão devido a algum impacto.

Especialistas colocam dispositivo de plástico para evitar a explosão da munição não detonada (Tokai TV)

Essa munição estava enterrada a 3,5 metros de profundidade, tem 1,2 metro de comprimento e pesa 250 quilos. Como está com o detonador a polícia prosseguirá com o trabalho de remoção em cooperação com o governo local e as Forças de Autodefesa.

No momento da remoção, com data ainda não marcada, será necessário fazer uma evacuação em larga escala dos moradores locais, o que pode afetar o tráfego nas rodovias e também do shinkansen.

Fontes: Tokai TV, Nagoya TV e CBC TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância