Carro invade loja de conveniência em Nagano

Motorista invade loja de conveniência após ter colidido com carro na pista.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem: ANN

Por volta das 14h de segunda (2), um veículo invadiu loja de conveniência na cidade de Chino (Nagano).

Publicidade

O motorista era um idoso de 79 anos, que foi levado ao hospital, mas não teve ferimentos e passa bem.

Naquele momento, não havia clientes no local e a funcionária que estava atendendo não se feriu. “Estava no escritório no fundo da loja, quando ouvi um estrondo muito forte, e logo percebi que um carro havia batido na loja”, relata a funcionária.

Segundo a polícia, o motorista teria colidido com veículo pouco antes do acidente, perdendo o controle do veículo e colidindo contra a loja.

“Não me lembro do acidente”, disse o motorista às autoridades. A polícia continua investigando o caso.

Fonte: NBS

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Aichi: 63 pacientes com coronavírus foram ‘esquecidos’

Publicado em 3 de maio de 2022, em Sociedade

63 infectados pelo coronavírus não receberam acompanhamento em Handa (Aichi)

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Publicidade

De acordo com informe da província de Aichi, desde o final de janeiro de 2022, 63 pessoas infectadas pelo coronavírus, com idades entre 10 e 80 anos, não tiveram verificação adequada de seu estado de saúde pelo Centro de Saúde de Handa.

O ‘descuido’ veio à tona após um funcionário do centro ter relatado aos superiores a negligência do acompanhamento de pacientes.

A província de Aichi explica que o erro foi cometido porque o centro ficou sobrecarregado desde o final de janeiro, e a confirmação dos pacientes não foi feita da maneira correta.

Das 63 pessoas, 57 não apresentaram sintomas graves.

Fonte: Nagoya TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância