Panasonic considera construir nova fábrica de baterias nos EUA para a Tesla

A Panasonic planeja produzir um novo tipo de bateria de alta capacidade e visa iniciar as operações já no ano fiscal de 2024.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Oklahoma está entre os locais candidatos para a construção da fábrica de baterias da Panasonic nos EUA (banco de imagens)

A Panasonic Holdings está considerando construir uma nova planta de baterias nos EUA para fornecê-las à fabricante de veículos elétricos Tesla, soube o site Nikkei.

Publicidade

A empresa planeja produzir um novo tipo de bateria de alta capacidade e visa iniciar as operações já no ano fiscal de 2024.

Vários locais candidatos estão sendo considerados, incluindo Oklahoma, que fica perto de uma nova planta da Tesla no Texas. A Panasonic planeja operar a nova fábrica de forma independente.

O local será decidido em consideração de subsídios e outras medidas de suporte de governos locais.

A decisão sobre a construção da planta será baseada na lucratividade das novas baterias de íon de lítio que a Panasonic produzirá em sua planta na província de Wakayama, começando no ano fiscal de 2023.

A Panasonic já opera uma fábrica de baterias com a Tesla em Nevada.

A competição é intensa entre fabricantes de baterias para veículos elétricos.

A LG Energy Solutions da Coreia do Sul e a General Motors estão investindo US$2.6 bilhões para construir uma planta de baterias em Lansing, no Michigan. A CATL está investindo até US$6 bilhões na Indonésia com um parceiro local.

Fonte: Asia Nikkei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Toyota suspenderá produção em 8 fábricas no Japão devido aos lockdowns em Xangai

Publicado em 11 de maio de 2022, em Sociedade

A suspensão da Toyota ocorrerá porque está difícil obter peças devido ao lockdown prolongado da covid-19 em Xangai.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Com o lockdown da covid-19 em Xangai está difícil obter peças, disse a Toyota (banco de imagens)

A Toyota disse na terça-feira (10) que suspenderá operações em 14 linhas em 8 fábricas no Japão por até 6 dias neste mês, visto que está difícil obter peças devido ao lockdown prolongado da covid-19 em Xangai, na China.

Publicidade

Com o plano, a Toyota disse que sua produção global para maio será reduzida para cerca de 700 mil veículos de sua meta anterior de 750 mil.

As plantas, incluindo as de Motomachi e Miyata nas províncias de Aichi e Fukuoka, respectivamente, terão as operações suspensas entre 16 e 21 de maio, disse a montadora, acrescentando que isso resultaria em um corte de produção de aproximadamente 30 mil unidades.

A suspensão parcial aumentará o número de fábricas da Toyota afetadas no Japão para 12.

A companhia, que opera um total de 14 fábricas no Japão, já havia dito em abril que suspenderia certas operações em 10 linhas em 9 plantas no mês de maio devido uma escassez de semicondutores.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância