Panasonic considera construir nova fábrica de baterias nos EUA para a Tesla

A Panasonic planeja produzir um novo tipo de bateria de alta capacidade e visa iniciar as operações já no ano fiscal de 2024.

Oklahoma está entre os locais candidatos para a construção da fábrica de baterias da Panasonic nos EUA (banco de imagens)

A Panasonic Holdings está considerando construir uma nova planta de baterias nos EUA para fornecê-las à fabricante de veículos elétricos Tesla, soube o site Nikkei.

Publicidade

A empresa planeja produzir um novo tipo de bateria de alta capacidade e visa iniciar as operações já no ano fiscal de 2024.

Vários locais candidatos estão sendo considerados, incluindo Oklahoma, que fica perto de uma nova planta da Tesla no Texas. A Panasonic planeja operar a nova fábrica de forma independente.

O local será decidido em consideração de subsídios e outras medidas de suporte de governos locais.

A decisão sobre a construção da planta será baseada na lucratividade das novas baterias de íon de lítio que a Panasonic produzirá em sua planta na província de Wakayama, começando no ano fiscal de 2023.

A Panasonic já opera uma fábrica de baterias com a Tesla em Nevada.

A competição é intensa entre fabricantes de baterias para veículos elétricos.

A LG Energy Solutions da Coreia do Sul e a General Motors estão investindo US$2.6 bilhões para construir uma planta de baterias em Lansing, no Michigan. A CATL está investindo até US$6 bilhões na Indonésia com um parceiro local.

Fonte: Asia Nikkei

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Toyota suspenderá produção em 8 fábricas no Japão devido aos lockdowns em Xangai

Publicado em 11 de maio de 2022, em Sociedade

A suspensão da Toyota ocorrerá porque está difícil obter peças devido ao lockdown prolongado da covid-19 em Xangai.

Com o lockdown da covid-19 em Xangai está difícil obter peças, disse a Toyota (banco de imagens)

A Toyota disse na terça-feira (10) que suspenderá operações em 14 linhas em 8 fábricas no Japão por até 6 dias neste mês, visto que está difícil obter peças devido ao lockdown prolongado da covid-19 em Xangai, na China.

Publicidade

Com o plano, a Toyota disse que sua produção global para maio será reduzida para cerca de 700 mil veículos de sua meta anterior de 750 mil.

As plantas, incluindo as de Motomachi e Miyata nas províncias de Aichi e Fukuoka, respectivamente, terão as operações suspensas entre 16 e 21 de maio, disse a montadora, acrescentando que isso resultaria em um corte de produção de aproximadamente 30 mil unidades.

A suspensão parcial aumentará o número de fábricas da Toyota afetadas no Japão para 12.

A companhia, que opera um total de 14 fábricas no Japão, já havia dito em abril que suspenderia certas operações em 10 linhas em 9 plantas no mês de maio devido uma escassez de semicondutores.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros