Toyama promove rota de ciclismo de 102Km para mostrar as belezas da província

A Rota de Ciclismo da Baía de Toyama foi selecionada em 2011 como uma das ‘Rotas Nacionais de Ciclismo’ pelo Ministério da Terra.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma das rotas, que passa pela área oeste da Baía de Toyama (banco de imagens)

O Governo Provincial de Toyama retomou as atividades promocionais em escala integral para a Rota de Ciclismo da Baía de Toyama, em uma tentativa de mostrar a beleza cênica da província na central do país para entusiastas de ciclismo do exterior em antecipação a um retorno pós-pandemia.

Publicidade

A rota começa na cidade de Himi, conhecida pelos seus frutos do mar frescos, e passa por locais turísticos populares incluindo a praia Amaharashi em Takaoka, de onde os Alpes do Norte e a cadeia de montanhas Tateyama podem ser vistos da Baía de Toyama, e da estrada Shinkiro em Uozo, antes de chegar a Asahi, a cidade no extremo leste da província.

Com mudança relativamente pequena em elevação, o trajeto é ideal para ciclistas que querem combinar a atividade com turismo.

A Rota de Ciclismo da Baía de Toyama foi selecionada no ano fiscal de 2011 como uma das “Rotas Nacionais de Ciclismo” pelo Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo, o qual designa algumas das melhores rotas de ciclismo no Japão, mas o trajeto ainda não é muito conhecido no país.

Sob tais circunstâncias, a província vem realizando esforços para atrair ciclistas do exterior, incluindo aqueles de Taiwan, conhecida como o “reinado das bicicletas”.

Para mais informações, toque aqui.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Putin diz que o Ocidente estava se preparando para invadir a Rússia

Publicado em 9 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

Putin afirmou que a aliança que a Otan estava ‘buscando ativamente’ o território russo e a guerra na Ucrânia foi necessária.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Putin fala para a multidão na Praça Vermelha em Moscou nesta segunda-feira, 9 de maio (BBC)

Vladimir Putin acusou a Otan de forçá-lo à guerra contra a Ucrânia no tão esperado desfile do Dia da Vitória.

Publicidade

O presidente russo afirmou que a aliança estava “buscando ativamente” o território do Kremlin, enquanto ele falava para a multidão na Praça Vermelha de Moscou.

Em seu discurso, ele traçou paralelos entre a luta do Exército Vermelho contra tropas nazistas e as ações das forças russas na Ucrânia.

“A Otan está buscando ativamente nosso território. Isso é absolutamente inaceitável para nós”, disse ele. “Estamos falando sobre neonazistas na Ucrânia com os quais os EUA e seus parceiros estão trabalhando”.

A Ucrânia está recebendo as armas mais modernas da Otan. A decisão para essa operação militar foi forçada e foi a única decisão correta”.

Após 10 semanas de luta brutal na Ucrânia, Putin disse que ele “se curvou” para seus soldados por “lutarem pelo país”.

O Dia da Vitória, 9 de maio, que era para celebrar a vitória sobre a Alemanha nazista em 1945, é um dos dias mais importantes no calendário russo.

Havia temores de que Putin, que chama a invasão à Ucrânia de “operação militar especial”, anunciaria guerra total, permitindo a ele convocar conscritos, mas não avançou.

Fonte: Metro UK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância