Icônica Nihonbashi verá a luz novamente com remoção de via expressa

O trabalho foi iniciado para remover uma via expressa sobre o marco histórico em Tóquio.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A atual ponte de pedra construída em 1911 é uma propriedade cultural nacional designada (banco de imagens)

A Nihonbashi (Ponte Japão) verá a luz novamente no ano fiscal de 2040, com o trabalho sendo iniciado para remover uma via expressa sobre o marco histórico em Tóquio.

Publicidade

A Metropolitan Expressway Co. convidou a mídia nesta sexta-feira (24) para ver o trabalho de remoção da via expressa elevada, que foi redirecionada para o subterrâneo como parte de um projeto de renovação de ¥320 bilhões (US$2,3 bilhões).

A Nihonbashi original, construída em 1963, era o terminal leste da estrada Tokaido que ligava Tóquio, então conhecida como Edo, a Quioto.

A atual ponte de pedra construída em 1911 é uma propriedade cultural nacional designada.

Residentes locais protestam há muito tempo que a via expressa estraga a vista da ponte de 49 metros. Um ex-ministro da Terra prometeu em 2001 redirecionar a passagem superior na área de Nihonbashi, um distrito de compras de alta escala, mas o plano não procedeu até 2018 devido ao alto custo.

A via expressa foi construída como parte de uma rede que conectava locais das Olimpíadas de Tóquio de 1964 com o Aeroporto de Haneda.

A Metropolitan Expressway planeja construir um túnel subterrâneo de 1,1Km na área enquanto remove a via expressa até março de 2041.

O projeto cobre um trecho de 1,8Km da via expressa entre a junção Kandabashi perto da estação de Tóquio e a junção de Edobashi.

Fonte: News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Primeira Maratona de Tóquio em grande escala desde 2019 será realizada

Publicado em 24 de junho de 2022, em Sociedade

A edição de 2023 será realizada no dia 5 de março em escala integral pela primeira vez em 4 anos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Participantes na Tokyo Marathon em fevereiro de 2016 (ilustrativa/banco de imagens)

Organizadores na Tokyo Marathon, a maior maratona no Japão, decidiram realizar a edição de 2023 em 5 de março em escala integral pela primeira vez em 4 anos.

Publicidade

A Tokyo Marathon Foundation tomou a decisão em uma reunião no dia 23 de junho na capital.

A capacidade do evento de 2023 será de 38 mil corredores – a mesma de 2019, antes da pandemia de coronavírus. A participação de “corredores cidadãos” será permitida, como foi o caso no evento anterior em março de 2022.

A Maratona de Tóquio é conhecida como a maior corrida no país, mas devido à propagação da covid-19, apenas “atletas de elite” tiveram permissão para competir na edição de 2020.

A edição de 2021 foi adiada duas vezes e eventualmente realizada em março deste ano.

Como no evento anterior, os organizadores planejam submeter os participantes a testes do vírus antes da corrida e eles iniciarão em diferentes horários para aliviar o congestionamento.

Os organizadores aceitarão até 37,5 mil inscrições para a maratona completa e 500 para a corrida de 10,7Km. Elas iniciarão em frente ao prédio do Governo Metropolitano e o curso da maratona se encerrará em frente à estação de Tóquio.

As inscrições serão aceitas gradualmente a partir de 1º de agosto.

Para mais informações, toque aqui.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância