Índia pode ultrapassar a China como o país mais populoso do mundo

O relatório das Nações Unidas estima que a população mundial chegará a 8 bilhões em novembro deste ano.

Pessoas no Forte de Amber em Jaipur, na Índia (banco de imagens)

As Nações Unidas disseram que a Índia provavelmente ultrapassará a China como o país mais populoso do mundo em 2023.

Publicidade

Na segunda-feira (11), as Nações Unidas divulgaram um relatório dizendo que a China é o país mais populoso do mundo neste ano, com 1.426 bilhão de pessoas, seguida pela Índia com 1.412 bilhão.

O relatório projeta que a população da Índia vai ultrapassar a da China em 2023 e continuará a crescer nos anos que virão.

Ele diz ainda que em 2050 a Índia deverá ter uma população estimada de mais de 1.66 bilhão e a China ficará bem atrás com cerca de 1.31 bilhão.

O governo indiano implementou uma política para diminuir o rápido crescimento populacional.

Contudo, as Nações Unidas atribuem o crescimento populacional ao declínio da taxa de mortalidade infantil no país, como reportado pelo Banco Mundial.

A China iniciou uma política de filho único em 1980, resultando em uma taxa de nascimentos em declínio e uma crescente proporção de população idosa.

O relatório das Nações Unidas estima que a população mundial chegará a 8 bilhões em novembro deste ano, e que ela atingirá 9.7 bilhões em 2050.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Bridgestone fechará fábrica de pneus de avião em Hong Kong

Publicado em 12 de julho de 2022, em Ásia

A Bridgestone visa cortar os números de locais de produção no mundo em 40% até o fim de 2023.

A gigante japonesa dos pneus concentrará operações na Tailândia (banco de imagens)

A fornecedora líder de pneus do Japão, a Bridgestone, disse na segunda-feira (11) que fechará uma fábrica em Hong Kong como parte de um esquema de reestruturação a fim de transferir capacidade para a Tailândia.

Publicidade

A planta relacionada a pneus de aeronaves fechará suas portas no fim de junho do ano que vem. Incluindo vendas associadas, o local empregava 102 pessoas desde 30 de abril. A companhia não revelou como os empregos serão afetados.

A Bridgestone vai concentrar e expandir capacidade de produção em sua fábrica na província de Chon Buri na Tailândia. O local absorverá as funções de distribuição de Hong Kong.

A planta tailandesa, construída em 2017, tem a vantagem de estar localizada perto dos clientes. Concentrar capacidade no local vai melhorar as eficiências logísticas para entregas.

A planta de Hong Kong abriu em 1991 e serviu como centro de distribuição para clientes em toda a Ásia e Oceania.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!