Índia pode ultrapassar a China como o país mais populoso do mundo

O relatório das Nações Unidas estima que a população mundial chegará a 8 bilhões em novembro deste ano.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Pessoas no Forte de Amber em Jaipur, na Índia (banco de imagens)

As Nações Unidas disseram que a Índia provavelmente ultrapassará a China como o país mais populoso do mundo em 2023.

Publicidade

Na segunda-feira (11), as Nações Unidas divulgaram um relatório dizendo que a China é o país mais populoso do mundo neste ano, com 1.426 bilhão de pessoas, seguida pela Índia com 1.412 bilhão.

O relatório projeta que a população da Índia vai ultrapassar a da China em 2023 e continuará a crescer nos anos que virão.

Ele diz ainda que em 2050 a Índia deverá ter uma população estimada de mais de 1.66 bilhão e a China ficará bem atrás com cerca de 1.31 bilhão.

O governo indiano implementou uma política para diminuir o rápido crescimento populacional.

Contudo, as Nações Unidas atribuem o crescimento populacional ao declínio da taxa de mortalidade infantil no país, como reportado pelo Banco Mundial.

A China iniciou uma política de filho único em 1980, resultando em uma taxa de nascimentos em declínio e uma crescente proporção de população idosa.

O relatório das Nações Unidas estima que a população mundial chegará a 8 bilhões em novembro deste ano, e que ela atingirá 9.7 bilhões em 2050.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Bridgestone fechará fábrica de pneus de avião em Hong Kong

Publicado em 12 de julho de 2022, em Ásia

A Bridgestone visa cortar os números de locais de produção no mundo em 40% até o fim de 2023.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A gigante japonesa dos pneus concentrará operações na Tailândia (banco de imagens)

A fornecedora líder de pneus do Japão, a Bridgestone, disse na segunda-feira (11) que fechará uma fábrica em Hong Kong como parte de um esquema de reestruturação a fim de transferir capacidade para a Tailândia.

Publicidade

A planta relacionada a pneus de aeronaves fechará suas portas no fim de junho do ano que vem. Incluindo vendas associadas, o local empregava 102 pessoas desde 30 de abril. A companhia não revelou como os empregos serão afetados.

A Bridgestone vai concentrar e expandir capacidade de produção em sua fábrica na província de Chon Buri na Tailândia. O local absorverá as funções de distribuição de Hong Kong.

A planta tailandesa, construída em 2017, tem a vantagem de estar localizada perto dos clientes. Concentrar capacidade no local vai melhorar as eficiências logísticas para entregas.

A planta de Hong Kong abriu em 1991 e serviu como centro de distribuição para clientes em toda a Ásia e Oceania.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência