Quarta-feira: 49 mil novos casos de coronavírus no Japão

Na última semana de setembro, o país vem mantendo a faixa de 43 a 49 mil novos casos por dia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 49.979 testados positivo para o novo coronavírus na quinta-feira (28), aumentando a soma cumulativa para 21.214.559 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 5.327
  2. Osaka: 3.595
  3. Kanagawa: 3.229
  4. Aichi: 2.955

O dia teve 96 óbitos, sendo10 em Tóquio, 9 em Chiba, 8 em Osaka, 7 em Fukuoka, 6 em Niigata, 5 em Saitama e em Shizuoka, 4 em Aichi, além de outras províncias.

São 204 pacientes com covid, em estado grave, em tratamento nas UTIs.

A partir de terça-feira (27) mudou a forma de coletar os dados dos testados positivo, que eram as informações fornecidas pelas cidades ao governo de cada província. Portanto, os números podem ser inferiores à realidade. 

O mesmo acontece em relação aos pacientes em tratamento, pois muitas cidades decidiram informar somente os casos graves, como de internação na UTI.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 3.088
Tohoku
Aomori 344
Iwate 401
Miyagi 1.107
Akita 429
Yamagata 533
Fukushima 731
Kanto
Ibaraki 1.508
Tochigi 721
Gunma 907
Saitama 2.762
Chiba 1.900
Tóquio 5.327
Kanagawa 3.229
Hokuriku
Niigata 907
Toyama 509
Ishikawa 516
Fukui 429
Koshin
Yamanashi 249
Nagano 1.107
Tokai
Gifu 923
Shizuoka 1.520
Aichi 2.955
Mie 1.042
Kinki
Shiga 626
Quioto 908
Osaka 3.595
Hyogo 1.962
Nara 460
Wakayama 360
Chugoku
Tottori 276
Shimane 265
Okayama 800
Hiroshima 1.125
Yamaguchi 506
Shikoku
Tokushima 196
Kagawa 490
Ehime 384
Kochi 209
Kyushu
Fukuoka 1.561
Saga 343
Nagasaki 382
Kumamoto 572
Oita 430
Miyazaki 304
Kagoshima 608
Okinawa 473
Aeroportos S/D
TOTAL GERAL 49.979
Fontes: News Digest e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Medicamento oral da Shionogi para covid-19 mostra eficácia em teste clínico

Publicado em 29 de setembro de 2022, em Sociedade

A Shionogi anunciou na quarta-feira (28) os resultados da terceira e última fase de seu ensaio clínico do medicamento oral Xocova.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Resultados da terceira e última fase do ensaio clínico da Shionogi do medicamento oral Xocova (YouTube/ANN)

A farmacêutica japonesa Shionogi diz que seu tratamento para coronavírus administrado oralmente faz com que os sintomas sejam atenuados, no estágio final de seu ensaio clínico.

Publicidade

A Shionogi anunciou na quarta-feira (28) os resultados da terceira e última fase de seu ensaio clínico do medicamento oral Xocova.

Pacientes de coronavírus entre 12 a 69 anos com sintomas leves a moderados foram elegíveis para participar do teste. Cerca de 1,8 mil pessoas fizeram parte do ensaio, o qual foi conduzido de fevereiro a meados de julho deste ano.

A divisão dos pacientes foi feita em dois grupos. Um grupo recebeu o Xocova uma vez ao dia por 5 dias, enquanto para o outro foi dado placebo. Nem os pacientes nem os médicos sabiam para qual grupo estava sendo administrado o medicamento.

Os pacientes no grupo que recebeu o medicamento, todos os principais cinco sintomas (tosse, dor de garganta, nariz entupido ou escorrendo, cansaço e febre) desapareceram em cerca de 7 dias. Essa melhora ocorreu 24 horas antes em comparação àqueles no grupo do placebo.

Placebo é qualquer substância ou tratamento inerte (ou seja, que não apresenta interação com o organismo) empregado como se fosse ativo.

Além disso, a quantidade de vírus nos corpos de pacientes que receberam o medicamento diminuiu de forma significativa no dia 4 do estudo. Os pacientes não sofreram qualquer efeito colateral.

A Shionogi solicitou ao Ministério da Saúde do Japão no início deste ano autorização para uso de emergência desse primeiro medicamento oral a fim de ser administrado a pessoas que não correm risco de doença grave.

Um conselho do ministério decidiu em julho continuar a considerar a solicitação, citando falta de dados para eficácia sugerida.

A companhia planeja apresentar seus dados recém adquiridos ao ministério e outros órgãos relevantes.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância