Mais dez diretores de 11 plantas da Mitsubishi penalizados pelas fraudes

Foram descobertos mais 70 casos de fraude na Mitsubishi Electric, por isso, uma parte da diretoria será punida.

Placa da Mitsubishi Electric com logotipo e logomarca (NHK)

A Mitsubishi Electric informou na quinta-feira (20) que foram descobertas mais 70 inspeções fraudulentas em 11 bases de produção em todo o Japão, conforme relatório apresentado nesse dia.

Publicidade

A empresa comunicou que aplicou ações disciplinares, incluindo redução da remuneração de 10 diretores após a confirmação de uma série de irregularidades.

A investigação foi realizada em todas as bases domésticas da Mitsubishi Electric, através de um comitê formado por advogados e outros profissionais, na sequência das inspeções fraudulentas reveladas no ano passado. 

Com esses novos 70 casos de fraude em 11 plantas, sobe para 197 o total de inspeções fraudulentas e atos inadequados em 17 bases, o que representa cerca de 80% de todas elas.

Destes, na Electric Power Systems Works na cidade de Kobe (Hyogo), descobriu-se que a fraude vem sendo feita há mais de 20 anos, desde a década de 1990. 

Total de 22 diretores punidos e os já aposentados vão ter que devolver parte do que ganharam

O ex-presidente Masaki Sakuyama, o qual renunciou em outubro do ano passado, estava em um cargo gerencial por volta de 1992. Ele corrigiu intencionalmente os valores numéricos dos resultados dos testes de produtos e iniciou o envio de documentos com fraude aos clientes.

Além disso, na planta de Himeji, onde foram descobertos 33 casos, algumas das fraudes continuaram até agosto deste ano.

Com esses 10 diretores penalizados na quinta-feira, o total sobe para 22, incluindo o presidente, Kei Uruma. Destacou que os já aposentados terão que devolver voluntariamente parte de suas remunerações.

A Mitsubishi Electric está aumentando o número de funcionários para inspeções e outras tarefas e está se esforçando para revitalizar a comunicação entre o local de trabalho e a administração.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Quinta-feira: 36 mil novos casos de coronavírus no Japão

Publicado em 20 de outubro de 2022, em Sociedade

Houve uma queda de 9,5 mil casos comparando com a quinta-feira anterior, mas a média semanal teve aumento de 121%.

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 36.110 testados positivo para o novo coronavírus na quinta-feira (20), aumentando a soma cumulativa para 21.894.638 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

Nos aeroportos foram 6 passageiros, totalizando 22.370 nesta epidemia.

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 3.489
  2. Hokkaido: 3.362
  3. Osaka: 2.483
  4. Kanagawa: 1.991
  5. Aichi: 1.571

São 113 pacientes em estado grave, em tratamento da covid no país, tanto na UTI quanto necessitando de ventilação mecânica, mostrando aumento de 12.

O dia teve 71 óbitos, elevando a soma cumulativa para 46.085 mortes nesta epidemia da covid.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 3.362
Tohoku
Aomori 403
Iwate 455
Miyagi 797
Akita 462
Yamagata 733
Fukushima 721
Kanto
Ibaraki 855
Tochigi 470
Gunma 545
Saitama 1.605
Chiba 1.414
Tóquio 3.489
Kanagawa 1.991
Hokuriku
Niigata 708
Toyama 364
Ishikawa 362
Fukui 239
Koshin
Yamanashi 278
Nagano 988
Tokai
Gifu 559
Shizuoka 1.052
Aichi 1.571
Mie 522
Kinki
Shiga 428
Quioto 484
Osaka 2.483
Hyogo 1.472
Nara 351
Wakayama 293
Chugoku
Tottori 164
Shimane 226
Okayama 611
Hiroshima 1.255
Yamaguchi 412
Shikoku
Tokushima 110
Kagawa 289
Ehime 355
Kochi 112
Kyushu
Fukuoka 1.101
Saga 225
Nagasaki 232
Kumamoto 441
Oita 275
Miyazaki 253
Kagoshima 282
Okinawa 311
TOTAL GERAL 36.110
Fontes: MHLW e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!