iPhone do acidentado ligou automaticamente para o 119

O importante serviço SOS de Emergência do iPhone acionou o socorro na hora do acidente, por isso, a equipe chegou ao local rapidamente.

Tela do SOS emergência do iPhone (Apple)

Às 12h07 de quarta-feira (7), entrou uma chamada automática no 119, central do Corpo de Bombeiros e ambulância, por isso, logo foi deslocada uma equipe para o local.

Publicidade

Foi em uma via pública da cidade de Izumisano (Osaka), onde a equipe de socorro encontrou um estudante de 17 anos, da cidade, caído perto de sua moto. Foi levado imediatamente para o hospital, mas não pode ser salvo, pois foi confirmado o óbito.

De acordo com a informação do Corpo de Bombeiros, presume-se que a chamada tenha sido efetuada automaticamente quando o iPhone do estudante acidentado sofreu forte impacto.

A instrução nesse caso é retornar a chamada e no caso da pessoa não atender, uma equipe é deslocada imediatamente, que foi o caso desse acidentado. 

Como a polícia não sabia como ocorreu o acidente até a hora da divulgação, foi realizada uma investigação para apurar os detalhes.

O garoto usava um modelo do iPhone 14. Essa série, Apple Watch Series 8 e Apple Watch Ultra emitem um som de alerta e exibem um aviso na tela quando detectam o impacto de um acidente grave de colisão. 

No caso do usuário estar consciente e em segurança pode optar por ignorar o disparo do alerta ou ele mesmo pode ligar para o 119.

Caso queira saber mais detalhes de como programar ou o que fazer em relação ao SOS de Emergência do iPhone, toque aqui para ler as instruções em português.

Tela do Ajustes do iPhone (PM)

Fonte: KTV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Putin diz que risco de guerra nuclear está aumentando

Publicado em 8 de dezembro de 2022, em Notícias do Mundo

No Conselho de Direitos Humanos da Rússia na quarta-feira (7), Putin disse que entende ‘o que são as armas nucleares’.

No Conselho de Direitos Humanos da Rússia na quarta-feira (7), Putin disse que entende ‘o que são as armas nucleares’ (NHK)

O presidente russo Vladimir Putin diz que o risco de uma guerra nuclear está aumentando, mas ele insiste que a Rússia vê seu arsenal como dissuasão puramente defensiva.

Publicidade

No Conselho de Direitos Humanos da Rússia na quarta-feira (7), Putin disse que entende “o que são as armas nucleares”.

A ameaça de usar armas nucleares surgiu várias vezes durante a invasão da Rússia à Ucrânia.

Putin levou a conversa para uma diferente potência nuclear. “As armas nucleares americanas em grandes números estão localizadas no território europeu. Não damos nossas armas nucleares a qualquer um e não vamos fazer isso, mas claro que defenderemos nossos aliados com todos os meios disponíveis, se precisarmos”.

O presidente russo também disse que a guerra na Ucrânia pode ser um “longo processo”.

O Kremlin diz que lançou ataques de mísseis nas regiões leste e sul da Ucrânia na quarta-feira.

Contudo, a Rússia também focou em seu território. Ataques nesta semana contra suas bases de força, aparentemente, levantaram graves preocupações.

O Ministério da Defesa da Rússia afirma que forças ucranianas usaram “drones da era soviética” nesses ataques.

O jornal russo Izvestia divulgou que a Ucrânia tem drones Tupolev-141 que contam com alcance máximo de voo de mil quilômetros.

Ele também disse que os ucranianos poderiam modificar drones capazes de ataques em solo.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros