Maior aquário cilíndrico do mundo explode em hotel na Alemanha

Houve especulação de que temperaturas congelantes na madrugada causaram uma rachadura no tanque de vidro, o qual então explodiu com o peso da água.

O Aquadom em Berlim, de 25 metros de altura (banco de imagens)

Um aquário de grandes proporções dentro de um hotel na Alemanha explodiu na sexta-feira (16), liberando um “tsunami” que causou “danos marinhos inacreditáveis” em uma grande atração turística.

Publicidade

O aquário de cerca de 25 metros de altura, localizado no saguão do hotel Radisson Blu na central de Berlim, na Alemanha, explodiu por volta das 5h50, matando todos os 1,5 mil peixes tropicais abrigados na estrutura.

A explosão no aquário AquaDom liberou 1 milhão de litros de água no lobby e cortou eletricidade no hotel. Duas pessoas ficaram feridas pelos estilhaços de vidro e receberam tratamento no hospital.

Houve especulação de que temperaturas congelantes na madrugada causaram uma rachadura no tanque de vidro, o qual então explodiu com o peso da água, mas a polícia ainda está investigando a causa.

O Aquadom foi descrito como o maior tanque cilíndrico no mundo.

“Infelizmente, nenhum dos 1,5 mil peixes puderam ser salvos”, disse a prefeita de Berlim, Franziska Giffey.

Giffey disse que o incidente havia liberado um “verdadeiro tsunami”, mas o horário de madrugada havia evitado que mais pessoas ficassem feridas.

“Apesar de toda a destruição, ainda tivemos muita sorte”, disse ela. “Teríamos tido terrível dano humano se o aquário explodisse mesmo uma hora depois, quando mais pessoas estariam acordadas no hotel e na área ao redor”, disse ela.

A explosão deixou o saguão do hotel repleto com 1 milhão de litros de água, parte da qual chegou ao lado de fora do complexo, levando a polícia a fechar uma rua nas proximidades.

Fonte: Daily Mail

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mais 5 casos de gripe aviária no Japão

Publicado em 19 de dezembro de 2022, em Sociedade

Desde outubro vem aumentando o número de casos de gripe aviária e desde o final de semana foram confirmados em 5 províncias.

Equipe sanitária sacrificando as galinhas para incinerá-las depois, em uma granja de Okinawa, no domingo (Ryukyu Shimpo)

O Japão vem registrando uma sequência de gripe aviária, desde 28 de outubro, quando se confirmaram os primeiros casos do ano em granjas das províncias de Okayama e Hokkaido. 

Publicidade

Nesse período ocorreram novos casos em Hyogo, Ibaraki, Niigata, Chiba, Aichi, além de outras. Isso tem impactado no fornecimento, não só das carnes de frango e patos, como também dos ovos, resultando em aumento dos preços.

Desde sexta-feira (16) foram confirmados mais 5 casos. Nesse dia foram em duas granjas, uma em Hiroshima e outra em Okinawa, em granjas de 120 mil e 45 mil, respectivamente, de galinhas poedeiras.

No dia seguinte, sábado (17), uma granja de Saitama, com 194 mil aves de corte e poedeiras. 

Uma granja de Kagoshima com 35 mil aves poedeiras, teve confirmação da gripe aviária no domingo (18), sendo que na segunda-feira (19) foi em uma na província de Fukuoka, com 54 mil aves. Esse foi o segundo caso na província. 

Em todas elas, as medidas de restrição de transporte já foram realizadas e nos primeiros casos já foram iniciadas as atividades de sacrificá-las e depois vão para a incineração. 

Fontes: MAFF, Ryuku Shimpo e Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!