Muji fará dois aumentos de preços em 2023

Se pensa em comprar produtos da Muji aproveite agora pois terão aumentos de preços em breve.

Placa na entrada de uma loja da Muji (Wikimedia)

A empresa Ryohin Keikaku, operadora da rede de lojas de utensílios domésticos Muji, anunciou na segunda-feira (26) que aumentará os preços de uma parte de seus produtos, em duas datas: 13 de janeiro e 3 de fevereiro de 2023.

Publicidade

Cerca de 20% dos produtos programados para serem vendidos na primavera e verão de 2023, como alimentos, móveis grandes, artigos de plástico, lençóis e peças de vestuários, são elegíveis para o aumento, na faixa dos 25%.  

Como exemplo, o curry de frango com manteiga embalado em retort pouch, que atualmente custa 350 ienes passará ¥390.

Um pijama de tecido de algodão 100% passará de 3,9 mil para 4,9 mil ienes. O colchão com pés que dispensa o uso da cama, passará de 27,9 mil para 32,9 mil ienes.

“Mesmo com a disparada dos preços das matérias-primas e a desvalorização repentina do iene iniciada no ano passado, trabalhamos com nossas empresas parceiras para fornecer produtos que auxiliam nosso dia a dia a preços que podem ser adquiridos com tranquilidade. No entanto, com esses rápidos aumentos chegamos ao limite da absorção de custos e, desta vez, decidimos revisar os preços de alguns produtos”, informou em release.

Também informou que as tarifas de envio de mercadorias serão revisadas, para ajuste com os custos de logística atuais.

Fontes: divulgação e Yomiuri

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Toyota anuncia que produção e vendas aumentaram pelo 4.º mês consecutivo em novembro

Publicado em 27 de dezembro de 2022, em Sociedade

A gigantesca montadora do mundo comemora produção e vendas globais em novembro. Mas, a doméstica não foi bem.

Yaris, um dos mais vendidos da Toyota (HP)

A Toyota Motor anunciou na segunda-feira (26) que tanto a produção quanto as vendas globais dos veículos das duas marcas, incluindo a Lexus, de novembro, superaram os resultados do ano anterior pelo quarto mês consecutivo. 

Publicidade

Além da recuperação em relação ao ano anterior, por causa da escassez de peças e semicondutores causada pela pandemia do coronavírus, especialmente no Sudeste Asiático, a sólida demanda centrada na América do Norte impulsionou as vendas gerais. As produções global e internacional tiveram recordes em novembro, segundo a montadora.

A produção global aumentou 1,5% em relação ao ano anterior, para 833.104 unidades, mas a doméstica diminuiu em 3,3% para 266.174 unidades, enquanto a do exterior teve aumento de 3,8% para 566.930 unidades.

Produção da Toyota Motor, incluindo Daihatsu e Hino (HP)

A produção doméstica caiu abaixo do nível do ano anterior pela primeira vez em quatro meses, mas as do exterior superaram o nível do ano anterior por sete meses consecutivos.

Em outubro esperava-se que a produção global em novembro fosse de cerca de 800 mil unidades – 250 mil no Japão e 550 mil no exterior – mas superou o planejado.

A venda global aumentou 2,9% para 796.484 unidades, enquanto a doméstica caiu 5,5% em relação ao ano anterior, para 109.985 unidades, ficando abaixo do nível do ano anterior pela primeira vez em três meses. As vendas em seu principal mercado, a América do Norte, cresceram 11%. 

A produção e as vendas domésticas foram afetadas pela escassez de oferta de semicondutores.

As exportações tiveram aumento de 1,6% em relação ao ano anterior para 164.212 unidades, superando o ano anterior por quatro meses consecutivos.

Fonte: divulgação 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros