Aliados ocidentais enviarão tanques para a Ucrânia

Os ucranianos vêm pedindo por tanques Leopard 2 fabricados na Alemanha, os quais são rápidos e mais fáceis de usar do que outros veículos de combate.

Os ucranianos vêm pedindo por tanques Leopard 2 fabricados na Alemanha (NHK)

Líderes ucranianos pressionaram seus aliados ocidentais a enviarem mais armas. Agora eles estão prestes a receber equipamento que poderia ser decisivo e dizem que tanques avançados oferecerão as suas tropas um real “soco de perfuração”.

Publicidade

Os ucranianos vêm pedindo por tanques Leopard 2 fabricados na Alemanha, os quais são rápidos e mais fáceis de usar do que outros veículos de combate.

Líderes alemães debateram por meses sobre enviá-los, mas agora, vários veículos de mídia dizem que eles decidiram seguir em frente. Eles também permitirão que autoridades na Polônia enviem os que elas possuem.

Líderes nos EUA têm estado sob pressão para enviar seus próprios tanques. Entretanto, seus modelos mais avançados, os M1 Abrams, são movidos a combustível de jato. Eles dizem que os ucranianos teriam dificuldades para operar e manter esses modelos.

Líderes russos enfrentaram críticas de que eles mesmos estão com falta de armas. O ex-presidente Dmitry Medvedev descartou a ideia durante uma visita a uma fábrica militar em Izhevsk na terça-feira (24).

“Quero desapontá-los. Temos o suficiente de tudo. Desde o início deste ano, temos fornecimentos suficientes de armas, equipamento militar e munição”, disse Medvedev.

Analistas no Ministério da Defesa britânico dizem que os ucranianos já liberaram 54% do território que forças russas haviam tomado no alto da invasão. Entretanto, eles afirmam que os russos ainda controlam cerca de 18%, incluindo terra que eles comandavam desde 2014.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Províncias sob alertas relacionados à pior onda de frio dos últimos anos

Publicado em 25 de janeiro de 2023, em Tempo

Todas as 47 províncias do Japão estão sob alerta por causa dessa onda de frio, a pior dos últimos 7 anos.

Imagem ilustrativa de nevasca na noite de terça-feira (NHK)

Desde a noite anterior à manhã de quarta-feira (25), todas as 47 províncias do Japão estão sob alerta ou aviso por causa da pior onda de frio dos últimos anos. 

Publicidade

Confira os alertas e avisos por região.

Hokkaido 

Metade da província banhada pelo Mar do Japão está sob alerta de nevasca. A outra metade, de alertas de tempestade de neve, acreção (acumulação de água congelada), vendaval e elevação das ondas.

Tohoku

As províncias de Aomori, Akita, Yamagata e Fukushima continuam com alerta de nevasca. Iwate e Miyagi estão com atenção para tempestade de neve e baixa temperatura.

Hokuriku

Niigata, Ishikawa e Toyama estão sob alertas de nevasca, tempestade de neve e elevação de ondas. Já Fukui está com atenção para tempestade de neve, neve e elevação de ondas, dependendo da cidade.

Koshin

Uma parte de Yamanashi – centro-oeste –  está com aviso de atenção para o clima muito seco, por isso, a população deve ter cuidado com o manuseio de fogo. Nas demais cidades, não há alerta nem atenção.

Nagano também está com aviso para cuidado com neve forte em apenas algumas cidades como Ueda, Iiyama, Nakano e cidade homônima.

Kanto e primeira neve na capital

As províncias de Tochigi e as ilhas de Tóquio – Izu – estão com alertas de nevasca em algumas cidades como Nasushiobara e Nikko; e nas ilhas, de tempestade e elevação de ondas.

Gunma está com aviso de neve em algumas cidades como Maebashi, Kiryu, Takasaki, e em todas as demais, de cuidado com o clima seco.

Kanagawa, Ibaraki, Saitama e Chiba estão com aviso de clima seco e vendaval. Nas cidades costeiras se pede cuidado com a elevação das ondas.

Na noite de terça-feira, Tóquio teve a primeira neve desta temporada, com 21 dias de atraso em relação à média. Mas não está sob alerta de neve, mas sim de aviso de cuidado com o clima seco e vendaval.

Tokai

A única província desta região com alerta de nevasca é Mie, para as cidades de Tsu, Matsuzaka, Yokkaichi, Suzuka, Kameyama, Inabe, Komono, Iga, Kumano, Gozaicho, Mihama e Kiho, junto com aviso de cuidado com a baixa temperatura.

Gifu está sob aviso de nevasca em todas as cidades da área Seino, a qual inclui a cidade homônima, Ogaki, Kakamigahara e outras, parte de Nakano, como Seki e Mino. Nas demais cidades o aviso é de clima seco e neve.

A única área de Aichi sob aviso de neve é a de Chita, que engloba as cidades de Handa, Tokoname, Tokai, Obu, Higashiura e outras.

Somente a parte oeste de Shizuoka – Hamamatsu, Kosai, Iwata e outras – está com aviso de vendaval, elevação de ondas para as cidades costeiras, e clima seco.

Kansai

As cidades mais próximas ao Mar do Japão da província de Quioto, metade de Hyogo e quase toda a província de Shiga estão sob alerta de nevasca.

Nas demais províncias – Osaka, Nara e Wakayama – têm avisos de neve, neve com vento, clima seco e elevação de ondas nas cidades costeiras.

Infográfico do Yahoo!: mapa das províncias sob alerta (vermelho) e avisos (amarelo)

Chugoku

Shimane, Tottori e Yamaguchi estão sob alerta. As cidades de Matsue, Izumo e Oda, entre outras vizinhas, estão com alerta de nevasca e avisos de vendaval, tempestade de neve e elevação de ondas nas cidades costeiras.

Quase todas as cidades de Hiroshima estão com aviso de cuidado com a neve e baixas temperaturas. Já em relação a Okayama os avisos são de baixa temperatura e vendaval em boa parte das cidades.

Shikoku

As 4 províncias estão com aviso de elevação de ondas para as cidades costeiras e, em geral, vendaval.

Kyushu e Okinawa com frio histórico

As 7 províncias de Kyushu estão com avisos, especialmente em Oita, onde está nevando. Nas demais, as recomendações são de cuidados com elevação de ondas, baixa temperatura e ventania.

No dia anterior, todas as ilhasde Okinawa tiveram vendaval na classe de tufão, com rajadas que chegaram a 24,7 metros por segundo em Naha, ao ponto de fechar o aeroporto, com cancelamento de 132 voos.

No distrito de Kunigami, na ilha principal, foi registrado um frio recorde de 6,4ºC. É raro que em Okinawa o termômetro marque 1 dígito no inverno. Por isso, o observatório meteorológico local informou que as pessoas devem se agasalhar muito bem na quarta-feira, pois as temperaturas continuam baixas, com mínima de 8ºC em Chatan e Naha.

Situação da neve e nevasca no Japão, às 9h de quarta-feira (AMJ)

Fontes: Yahoo!, FNN e ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros