Escola é aberta na Indonésia para treinar trabalhadores que serão enviados ao Japão

A população da Indonésia é a 4ª maior do mundo, com mais de 270 milhões de pessoas. Cerca de 70% delas estão em idade ativa, entre 15 e 64 anos.

A cerimônia de abertura da escola foi realizada com autoridades do governo de ambos os países (NHK)

Uma empresa japonesa abriu uma escola vocacional na capital da Indonésia, Jacarta, para enviar mais trabalhadores ao Japão.

Publicidade

A cerimônia de abertura foi realizada com autoridades do governo de ambos os países.

Os indonésios vão aprender japonês, enfermagem e outras habilidades gratuitamente por cerca de 6 meses. Após o programa, estudantes que passarem no exame receberão um visto para trabalhadores estrangeiros qualificados no Japão.

A empresa visa aceitar cerca de 600 estudantes por ano.

“É uma boa oportunidade”, disse uma estudante. “Ao contrário de instituições de treinamento de trabalho onde geralmente temos que pagar, podemos estudar aqui de graça com professores experientes”.

O Japão vem aceitando trabalhadores estrangeiros com habilidades específicas desde 2019 para combater uma escassez de mão de obra.

Enquanto isso, a Indonésia está enfrentando dificuldades com o desemprego devido à pandemia de coronavírus.

Uma autoridade do Ministério do Trabalho da Indonésia diz que a instalação não apenas aumentará o número de trabalhadores no Japão, mas também vai melhorar suas habilidades.

A população da Indonésia é a 4ª maior do mundo, com mais de 270 milhões de pessoas. Cerca de 70% delas estão em idade ativa, entre 15 e 64 anos.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Toyota limita pedidos para Lexus no Japão devido à escassez de chips

Publicado em 19 de janeiro de 2023, em Sociedade

Como é esperado que a escassez de componentes, incluindo semicondutores, continue neste ano, a Toyota estabeleceu um limite no número de pedidos alocados para cada concessionária no Japão.

Um modelo Lexus da Toyota (ilustrativa/banco de imagens)

A Toyota Motor está limitando pedidos de seu carro de luxo Lexus no Japão, conforme o site Asia Nikkei.

Publicidade

Como é esperado que a escassez de componentes, incluindo semicondutores, continue neste ano, a companhia estabeleceu um limite no número de pedidos  para cada concessionária.

Um sistema para compartilhar informações sobre datas de entrega com até 2 anos de antecedência com concessionárias será implantado nesta primavera a fim de garantir envios estáveis de pedidos.

O limite de pedidos pode levar a perdas de oportunidades de vendas, tornando-se crucial reconstruir a rede de fornecimento.

É raro para uma montadora limitar pedidos para uma ampla variedade de modelos de carros.

A Toyota estabilizou limites de pedidos para 9 modelos sob a marca Lexus no Japão. O número de limites varia por concessionária, e assim que é esgotado, mais nenhum pode ser recebido.

Atrasos na entrega devido a escassez de peças são mais graves para carros de luxo que usam muitos semicondutores.

Modelos Lexus usam mais de mil, várias centenas a mais do que um carro típico da Toyota. Há uma escassez de chips para várias aplicações incluindo chaves de acesso inteligente para trancar o veículo e semicondutores para equipamento de áudio.

A Toyota não revelou o volume de produção dos veículos Lexus, mas eles são fabricados principalmente em plantas nacionais e o lucro por automóvel é de aproximadamente 1,5 milhão de ienes.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros