Gwen Stefani se declara ‘japonesa’ em entrevista controversa

Gwen Stefani é uma cantora, compositora, atriz, e produtora musical estadunidense. É a vocalista da banda de ska No Doubt.

Gwen Stefani em 2017 (banco de imagens)

Gwen Stefani está sendo criticada após fazer uma declaração ousada.

Publicidade

Em uma entrevista para a revista Allure em relação a sua marca de beleza GXVE, Stefani refletiu sobre o lançamento de sua primeira linha de beleza, a Harajuku Lovers fragance, que foi inspirada pela cultura Harajuku do Japão.

Enquanto discutia sobre a coleção, a qual alguns criticaram como uma apropriação cultural gritante, Stefani redobrou sua decisão, indo tão longe ao dizer que ela é japonesa, apesar de ter um pai ítalo-americano e uma mãe irlandesa-americana.

“Essa foi a minha influência japonesa e essa foi uma cultura que foi tão rica com tradição, mesmo assim tão futurística com tanta atenção à arte e detalhes e disciplina e foi fascinante para mim”, disse Stefani à revista, refletindo sobre a influência que as viagens frequentes de seu pai ao Japão tiveram sobre ela.

Quando ela finalmente visitou Harajuku por conta, ela compartilhou que havia uma epifania de todos os tipos, “Eu disse, meu Deus, sou japonesa e não sabia disso”.

“Eu sou, você sabe”, acrescentou ela, enquanto descrevia a si mesma como “superfã” e afirmando que suas relações com a cultura japonesa eram ligadas com “inocência”.

De acordo com o artigo, Stefani, de 53 anos, não parou por aí, e fez uma referência a si mesma como japonesa duas vezes durante a conversa. Além disso, também se descreveu como “um pouco de uma garota do Condado de Orange, um pouco de uma garota japonesa, um pouco de uma garota inglesa”.

Gwen Renée Stefani é uma cantora, compositora, atriz, e produtora musical estadunidense. É a vocalista da banda de ska No Doubt. Stefani ficou famosa em 1995, com o sucesso do álbum Tragic Kingdom, que criou sucessos como “Just a Girl”, “Spiderwebs” e “Don’t Speak“.

Fonte: NBC Washington

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Agência divulga previsão da floração das cerejeiras

Publicado em 12 de janeiro de 2023, em Artigos de Turismo

Temperaturas mais quentes do que o normal que temos vivenciado desde o outono de 2022 até agora indicam que as cerejeiras desabrocharão um pouco mais cedo neste ano.

E está chegando uma das épocas mais belas no Japão, quando as flores de cerejeira começam a exibir sua beleza! (banco de imagens)

A Japan Meteorological Corporation acaba de divulgar sua primeira previsão de flores de cerejeira para 2023, com datas previstas para o sakura em Tóquio, assim como em outras partes do Japão.

Publicidade

Essas previsões são baseadas na espécie Somei Yoshino, que é considerada a variedade mais popular de sakura.

De acordo com a JMC, temperaturas mais quentes do que o normal que temos vivenciado desde o outono de 2022 até agora indicam que as cerejeiras desabrocharão um pouco mais cedo neste ano.

Tóquio será uma das primeiras cidades a contemplar as cerejeiras, onde as flores devem começar a desabrochar em torno de 22 de março e atingir o pico no dia 30. Enquanto isso, as flores em Quioto e Osaka devem começar a mostrar o ar da graça em 27 e 28 de março, respectivamente, com o pico de floração em ambas as cidades no dia 5 de abril.

Como de costume, a temporada de sakura na província no extremo norte do Japão, Hokkaido, deve coincidir com o feriado de Golden Week no início de maio. Em Sapporo, as flores devem começar a desabrochar em 2 de maio e atingir o pico no dia 5.

As previsões estão sujeitas a mudanças.

Fonte: Time Out

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros