Ministério do Japão pede a creches que descartem fraldas usadas em suas instalações

Em algumas áreas é pedido aos pais que levem as fraldas sujas de seus filhos para casa, o que alguns disseram que não é higiênico, além de problemático.

Ilustrativa (banco de imagens)

O Ministério da Saúde do Japão emitiu um aviso na segunda-feira (23) a governos locais em todo o país solicitando que creches descartem fraldas usadas em suas instalações.

Publicidade

Em algumas áreas é pedido aos pais que levem as fraldas sujas de seus filhos para casa, o que alguns disseram que não é higiênico, além de problemático.

O aviso explicou que, nos últimos anos, muitos municípios indicaram um política de descarte de fraldas nas instalações de cuidados infantis locais, e que o custo é coberto pelos gastos operacionais desses centros e taxas coletadas dos pais.

Também foi citado que se elas fossem descartadas nas instalações, isso reduziria o peso sobre os pais e também eliminaria a necessidade de funcionários terem que separar as fraldas das crianças.

Além disso, a política também mostrou que subsídios do estado estão disponíveis para a compra de latas de lixo destinadas a fraldas usadas.

Uma pesquisa conduzida por uma companhia privada no ano passado descobriu que aproximadamente 40% dos municípios que administram creches públicas exigiam que os pais levassem as fraldas sujas para casa.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar também conduziu uma pesquisa em outubro passado e descobriu que a variação de taxa mais comum exigida que os pais pagassem às creches no caso de não levarem as fraldas usadas para casa foi de ¥300 por criança mensalmente.

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Coreia do Norte executa quem assiste a vídeos pornográficos

Publicado em 24 de janeiro de 2023, em Ásia

Esquadrões conhecidos como ‘gruppa’ são encarregados por Pyongyang para perseguir violações contra a ideologia oficial do Partido Comunista.

Ilustrativa (banco de imagens)

Novos esquadrões secretos de Kim Jong-un executarão qualquer pessoa que assistir vídeos com conteúdo adulto sob os esforços norte-coreanos para conter “influências estrangeiras”.

Publicidade

Executores estão trabalhando para eliminar conteúdo estrangeiro, estilos de corte de cabelo e mesmo festas de aniversário, de acordo com testemunhos de um desertor incluído no novo relatório.

Os esquadrões, conhecidos como “gruppa” ou “grupos não socialistas” são encarregados por Pyongyang para perseguir violações contra a ideologia oficial do Partido Comunista.

“Os grupos operam como ferramentas escondidas, que são usadas pelo governo para alcançar seus objetivos máximos de vigilância onipresente e a habilidade de supervisionar completamente cada residente”, segundo o relatório.

Mídia estrangeira, particularmente qualquer uma considerada “ocidental”, é estritamente proibida na Coreia do Norte, que faz lavagem cerebral em sua população para apoiar Kim Jong-un inquestionavelmente e seu regime dominante.

O ditador vê a Coreia do Sul como um fantoche dos EUA e é altamente sensível a qualquer uma de sua mídia atravessando a fronteira a partir da China, temendo a influência que ela pode ter.

Já há algum tempo, qualquer sinal de alguém “consumindo” mídia sul-coreana resulta em consequências brutais.

Agora, de acordo com o relatório do Centro de Base de Dados pata Direitos Humanos Norte-Coreanos (NKDB) sediado em Seul, Kim está endurecendo as regras ainda mais com o gruppa.

Cidadãos estão sendo perseguidos por qualquer coisa desde deserção, comércio de drogas, contrabando, mendicância, por faltar no trabalho, infrações no tráfego, tingir o cabelo, práticas religiosas e participar de “cultura decadente”, que pode incluir festas.

Está pior do que a era de Kim Jong-il”, segundo um depoimento citado no relatório.

Punições podem variar de rebaixamento no trabalho, demissão ou mesmo ser mandado a campos de reeducação ou trabalho.

Nos casos mais extremos, como ser pego assistindo a conteúdo pornográfico, as pessoas podem ser executadas por pelotões de fuzilamento.

Fonte: Daily Mail

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros