Coreia do Norte lança míssil de longo alcance nesta quinta-feira

O míssil balístico de longo alcance caiu em águas fora da Zona Econômica Exclusiva do Japão, a cerca de 250Km a oeste de uma ilha de Hokkaido.

Kim Jong-un continua com o ritmo frenético de lançamentos de mísseis (NHK)

A Coreia do Norte disparou um míssil de longo alcance poderoso na manhã desta quinta-feira (16), disse o Ministério da Defesa do Japão, em uma demonstração de força poucas horas antes do encontro entre o primeiro-ministro Fumio Kishida e o presidente sul-coreano Yoon Suk-yeol em Tóquio para a primeira cúpula formal de ambos.

Publicidade

Segundo o ministério, a arma “da classe de míssil balístico intercontinental” viajou 70 minutos por cerca de mil quilômetros e atingiu uma altitude máxima de 6.000Km, antes de cair em águas fora da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) do Japão, a cerca de 250Km a oeste de uma ilha de Hokkaido, Oshima.

Acredita-se que o míssil tenha sido disparado em uma trajetória de “loft”, o que significa que ele foi lançado quase verticalmente para evitar o sobrevoo em países vizinhos.

O ministro da Defesa, Yasukazu Hamada, disse que Tóquio estava trabalhando com aliados e parceiros para continuar a analisar o lançamento.

A Coreia do Sul também confirmou o disparo, dizendo que um único “míssil balístico de longo alcance” havia sido disparado.

Na reunião tão esperada entre Yoon e Kishida, eles devem discutir sobre reforçar a cooperação de segurança, visto que eles buscam colocar as rédeas nas ambições nucleares da Coreia do Norte enquanto também tomam medidas para finalizar uma solução à questão do trabalho em tempos de guerra e estimular a relação paralisada.

A Coreia do Norte tem mantido seu tórrido ritmo de lançamento de mísseis neste ano, disparando dois de curto alcance em direção ao Mar do Japão na terça-feira (14), um dia após ter lançado dois mísseis de cruzeiro estratégicos de um submarino pela primeira vez.

Fonte: Japan Times

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Governo considera beneficiar famílias com 30 mil e crianças com 50 mil ienes

Publicado em 16 de março de 2023, em Política

Essa proposta foi feita pelos partidos da situação e pelo Komeito, para beneficiar as famílias de baixa renda.

Kishida ladeado pelos representantes do Komeito (NHK)

O primeiro-ministro Fumio Kishida anunciou na quarta-feira (15) que consideraria oferecer benefício em dinheiro para as famílias de baixa renda como uma nova medida face ao aumento do custo de vida

Publicidade

As famílias de baixa renda – isentas do imposto municipal – estão impactadas com os aumentos dos preços dos alimentos, do gás e da energia elétrica, por isso. Além dos 30 mil ienes para cada família de baixa renda, os filhos irão receber um adicional de 50 mil ienes, cada um.

Essa proposta é do partido da situação, o PLD, e do Komeito. Os detalhes ainda não foram informados, embora tenha a intenção de usar um fundo de reserva, uma verba do ano fiscal 2022.

Como as eleições locais e parciais para a Casa dos Representantes serão realizadas em abril, o governo poderá sofrer críticas de que seja para fins eleitorais.

Fontes: NHK e Nikkei 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!