Dois mísseis norte-coreanos em direção ao Japão

A Coreia do Sul e os Estados Unidos realizam exercício militar conjunto, por isso, os mísseis devem ser uma demonstração de protesto.

Foto ilustrativa de Kim Jong-un, líder supremo da Coreia do Norte (arquivo da ANN)

A Coreia do Norte disparou dois mísseis balísticos de curto alcance (SRBM) em direção ao Mar do Leste (Mar do Japão), na terça-feira (14), disseram os militares de Seul, um dia depois que a Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram um exercício militar regular.

Publicidade

O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul (JCS) informou que detectou o lançamento da área de Jangyon, na província de Hwanghae do Sul, entre 7h41 e 7h51.  

“Ao fortalecer seu monitoramento e vigilância em preparação contra a possibilidade de lançamentos adicionais, nossos militares estão mantendo uma postura de total prontidão em estreita cooperação com os Estados Unidos“, disse o JCS em uma mensagem de texto enviada a repórteres.

O lançamento mais recente ocorreu depois que a Coreia do Norte disparou o que alegou ser dois “mísseis estratégicos de cruzeiro” de um submarino no domingo (12) e realizou um “exercício de ataque de fogo” três dias antes.

Na segunda-feira, Seul e Washington começaram seu exercício Freedom Shield de 11 dias, que deve prosseguir com o exercício de treinamento de campo simultâneo, chamado Warrior Shield.

Pyongyang criticou os exercícios como um ensaio para uma guerra de agressão contra ele e ameaçou tomar medidas esmagadoras contra as atividades militares dos aliados.

Pouco depois das 8h, quando o primeiro-ministro Fumio Kishida entrou na residência oficial, disse aos repórteres: “Estou ciente do relatório, mas estamos coletando informações. Até agora, nenhum dano foi relatado no Japão“.

Fontes: ANN, NHK e Yonhap News Agency

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Presidente da China, Xi Jinping, planeja viagem à Rússia e encontro com Vladimir Putin

Publicado em 14 de março de 2023, em Ásia

Viagem à Rússia pode acontecer na semana que vem. A situação na Ucrânia provavelmente estará na agenda na conversa entre os dois líderes

Durante conversas online em dezembro, Xi foi convidado por Putin para visitar Moscou nesta primavera (banco de imagens)

O presidente da China, Xi Jinping, estaria planejando uma visita à Rússia na próxima semana para conversas com seu homólogo, Vladimir Putin.

Publicidade

A agência de notícia Reuters divulgou a notícia na segunda-feira (13), citando várias fontes com conhecimento dos planos. Autoridades do governo russo confirmaram isso em uma entrevista junto à NHK de que os acertos estão em andamento para uma visita.

Durante conversas online em dezembro, Xi foi convidado por Putin para visitar Moscou nesta primavera. Em uma reunião na cidade de Moscou no mês passado com o principal diplomata da China, Wang Yi, o presidente russo também disse que ele estava ansioso por uma visita de Xi.

A situação na Ucrânia provavelmente estará na agenda na conversa entre os dois líderes. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse em uma coletiva de imprensa na segunda-feira (13) que ele não tem comentários sobre a reportagem. Entretanto, ele prometeu fazer um anúncio após tudo for acertado.

Xi também planeja conversar virtualmente com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky após sua visita a Moscou, divulgou o site do Wall Street Journal. Essa será a primeira conversa com Zelensky desde a invasão russa à Ucrânia.

Zelensky está cautelosamente receptivo a certas partes de um documento de 12 pontos que Pequim ofereceu no mês passado para um cessar-fogo e negociações de paz. Ele manifestou vontade de se encontrar com Xi.

O foco tem estado na política diplomática de Xi, que assumiu um terceiro mandato sem precedentes como presidente e chefe do Partido Comunista.

Os EUA vêm alertando a Pequim para não fornecer suporte militar à Rússia.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!