Aumenta o número de mortos e desaparecidos pelos desastres causados pela chuva histórica

Um dos que morreu é um jovem agricultor cuja casa foi destruída por um deslizamento na cidade de Hamamatsu.

Deslizamento assolou a casa de um agricultor em Hamamatsu (foto de sábado da FNN)

Segundo o levantamento da emissora de tevê FNN, até as 11h30 de segunda-feira (5), foram confirmadas 3 mortes pelos desastres causados pela chuva histórica, cuja frente sazonal foi estimulada pelo tufão número 2.

Publicidade

Os bombeiros e policiais de vários locais continuam procurando as 4 pessoas desaparecidas, como 2 na província de Wakayama e em Kanagawa. Na cidade de Atsugi um homem de 76 anos está sendo procurado em toda a extensão do rio. Outro desaparecido é um homem de 74 anos, da cidade de Iwata (Shizuoka).

Além das vítimas fatais e dos desaparecidos, o tufão e a chuva histórica causaram 42 feridos em todo o país.

As áreas das cidades que foram inundadas ou que tiveram deslizamentos, com prejuízos das casas, estão em fase de remoção dos entulhos desde domingo, com a ajuda dos voluntários.

Os danos materiais foram nas províncias de Ibaraki, Saitama, Aichi, Wakayama e em Okinawa.

Fontes: NHK e FNN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão revela 1º módulo lunar

Publicado em 5 de junho de 2023, em Sociedade

Medindo cerca de 2,4m de altura e pesando aproximadamente 200Kg, a aeronave não tripulada da JAXA testará tecnologia de pouso preciso na Lua e estudará rochas.

Na imagem o Smart Lander for Investigating the Moon, ou SLIM (NHK)

A Agência de Exploração e Aeroespacial do Japão (JAXA) revelou para a mídia seu primeiro módulo lunar em seu centro na província de Kagoshima. O módulo é chamado de Smart Lander for Investigating the Moon, ou SLIM.

Publicidade

Medindo cerca de 2,4m de altura e pesando aproximadamente 200Kg, a aeronave não tripulada da JAXA testará tecnologia de pouso preciso na Lua e estudará rochas.

A módulo usará técnica de reconhecimento de imagem para ajudar a identificar crateras e outras características topográficas. A meta da JAXA é aterrissar a aeronave dentro de 100 metros de seu ponto de pouso pretendido.

A agência espacial havia planejado anteriormente enviar o SLIM em um foguete H2A em maio. Entretanto, o lançamento foi adiado para agosto ou depois disso devido a uma falha do novo foguete estandarte H3 do Japão.

Três países tiveram êxito até agora em pousar aeronaves na Lua.

Dados obtidos pelo módulo serão usados para o programa Artemis, liderado pelos EUA, que visa enviar astronautas à Lua.

O gerente da equipe do SLIM, Shinichiro Sakai, diz que a missão é um desafio.

Ele diz que o projeto está entrando no estágio final e que sua equipe vem trabalhando duro para alcançar pouso de sucesso.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!