Benefício de 50 mil ienes para os filhos até 18 anos

As famílias de baixa renda com filhos, com idade até 18 anos, poderão receber mais um benefício de 50 mil ienes por criança.

Cédulas de 10 mil ienes em leque (Flickr)

O governo japonês deverá iniciar ainda este mês o pagamento de 70 mil ienes como benefício para as famílias isentas do imposto municipal, como iniciativa das medidas econômicas para dar apoio ao sustento

Publicidade

Informou na quarta-feira (6) que entrou em fase de ajuste para entregar 50 mil ienes adicionais aos filhos dessas famílias, com idade até 18 anos

A ideia é fornecer um apoio mais generoso às famílias de baixos rendimentos que criam filhos e que estão sendo afetadas pelo aumento do custo de vida, para minimizar esse impacto. 

Esse novo benefício deverá ser implementado até fevereiro do próximo ano, dentro do ano fiscal 2023 que termina em março.

Além disso, o governo está considerando um benefício de 10 mil ienes aos contribuintes que pagam pouco imposto de renda.

As famílias de baixa renda foram beneficiadas com 30 mil ienes em março deste ano. Depois, cada um dos filhos de até 18 anos dessas famílias recebeu 50 mil ienes de benefício.

Com esse de 70 mil ienes, essas famílias isentas do imposto municipal receberão um total de 100 mil ienes em 2023. Seus filhos, idem, já que se considera um outro de 50 mil ienes. Portanto, uma família composta por pai, mãe e 2 filhos (criança e adolescente) será beneficiada com 400 mil ienes.

Fontes: Yomiuri e Asahi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Residentes em Quioto são os que mais acordam tarde no Japão

Publicado em 7 de dezembro de 2023, em Sociedade

A Bondavi, com sede em Yokohama, analisou 29.968 registros de horários de dormir e acordar por usuários em seu app entre 1º de janeiro e 17 de novembro de 2023.

Uma companhia no Japão que disponibiliza um app de registro de sono analisou 29.968 registros de horários de dormir e acordar de usuários (ilustrativa/banco de imagens)

Residentes na província de Quioto são os que mais demoram para acordar no Japão, anunciou em 5 de dezembro uma companhia que disponibiliza um app de registro de sono.

Publicidade

A Bondavi, com sede em Yokohama, analisou 29.968 registros de horários de dormir e acordar por usuários em seu app entre 1º de janeiro e 17 de novembro de 2023. Os resultados revelaram que Quioto também foi classificada no topo em termos de horários tardios de ir para a cama.

Os que acordam mais cedo no Japão, por província, eram de Miyazaki, com um horário de despertar às 6h44, seguida por Gunma às 6h45 e Toyama às 6h50. Os mais dorminhocos estavam em Quioto, às 7h32, seguida por Kochi às 7h28 e Kagawa às 7h27.

Enquanto isso, os residentes que dormem mais cedo se encontram na província de Nagano, à 00h10, seguida de perto por Miyazaki à 00h12 e Toyama à 00h14. Os que dormem mais tarde se encontram em Quioto, à 00h51, seguida por Ehime à 00h43 e Okayama à 00h42.

Pessoas nas 10 províncias mais densamente povoadas, como Tóquio e Osaka, foram dormir em um horário médio de 00h34 e acordaram às 7h12.

Em contraste, nas 10 províncias menos povoadas as pessoas dormiram à 00h22 e acordaram às 7h04 em média.

“Pessoas em áreas rurais tendem a ir para a cama mais cedo e levantar mais cedo. Cada vez mais pessoas estão interessadas em sono, mas descobrimos que aquelas em áreas rurais têm estilos de vida de sono mais ricos”, disse o presidente da Bondavi, Daisuke Toda, sobre os resultados.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!