Veja quais são as cidades mais caras do mundo para viver

Singapura é novamente a cidade mais cara do mundo para viver, uma honra que ela compartilha com Zurique neste ano.

Singapura (à dir) e Zurique (à esq.) compartilham o primeiro lugar em lista de cidades mais caras do mundo para viver (banco de imagens)

Singapura e Zurique ultrapassaram Nova Iorque neste ano e se tornaram as cidades mais caras do mundo para viver, de acordo com uma nova pesquisa global.

Publicidade

O custo nas alturas para ter um carro, preços em alta de bebidas alcoólicas e de itens de supermercado viram Singapura ultrapassar a cidade nos EUA, com a qual ela compartilhou o lugar de topo no ano passado, de acordo com o relatório 2023 do Worldwide Cost of Living do Economist Intelligence Unit.

Zurique subiu do 6º lugar para se fixar em 1º graças em parte ao forte franco suíço, assim como mercadorias, produtos do lar e recreação caros.

Genebra ficou em 3º junto com Nova Iorque e Hong Kong ficou em 5º.

No geral, os preços globais aumentaram em média 7,4% ano a ano em termos de moeda local, um pouco menos do que o aumento de 8,1% do ano passado.

A desvalorização do iene viu Tóquio descer 23 lugares para 60º e Osaka cair 27 posições, para 70ª.

Enquanto Tel Aviv tenha ficado entre as 10 primeiras, a pesquisa foi realizada antes da guerra entre Israel e Hamas, que pode ter afetado os preços.

A pesquisa foi realizada entre 14 de agosto e 11 de setembro de 2023 e comparou mais de 400 preços individuais em 173 cidades globalmente.

Veja abaixo as 10 cidades mais caras do mundo. Algumas compartilharam as mesmas posições.

  • Singapura (Singapura): 1
  • Zurique (Suíça): 1
  • Genebra (Suíça): 3
  • Nova Iorque (EUA): 3
  • Hong Kong (Hong Kong): 5
  • Los Angeles (EUA): 6
  • Paris (França): 7
  • Copenhague (Dinamarca): 8
  • Tel Aviv (Israel): 8
  • San Francisco (EUA): 10
Fonte: Japan Times

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Já começou a temporada de esqui e snowboard

Publicado em 30 de novembro de 2023, em Turismo & Lazer no Japão

O acúmulo de neve natural, do tipo ‘powder’, chegou a um metro de altura, para alegria dos visitantes.

Visitante comemorando a qualidade da neve do Tsugaike Mountain Resort (TSB)

Para quem gosta de esquiar ou deslizar de snowboard, a temporada desses dois esportes de inverno já começou na província de Nagano.

Publicidade

Na quinta-feira (30), no Tsugaike Mountain Resort, situado na vila Otari, muitas pessoas foram desfrutar das primeiras deslizadas na neve, em meio à paisagem branca.

O melhor de tudo é que a powder snow – qualidade da neve fina e seca, composta de cristais soltos – estava bem fofa e com grande acúmulo.

Acúmulo de mais de 1 metro de neve (powder snow) no clube Tsugaike (TSB)

Segundo a reportagem, começou a nevar há 3 dias e o acúmulo até a manhã de quinta-feira chegou a 1,03 metro, o que permitiu iniciar a temporada 10 dias antes da época normal. Assim, dos 10 percursos, um que fica a 1,5 mil metros de altura e 800 metros de pista, foi aberto para esses esportes de inverno. A temporada segue até maio de 2024.

No outro clube de esqui, situado na Vila Nozawa Onsen, a abertura foi na quarta-feira (29), com duas semanas de antecipação da época normal.

Nozawa Onsen Snow Resort (SBC)

Por isso, foi iniciada a operação do teleférico para transportar os esquiadores e snowboarders. No entanto, nesse clube de esqui, a neve não acumulou como nos anos anteriores, por isso, foi providenciada a produzida com um equipamento especial, forrando com 40 centímetros de altura.

Atualmente, apenas o percurso próximo ao cume pode ser usado, mas a abertura oficial está marcada para 16 de dezembro, quando toda a área estará disponível para esquiar.

Fontes: SBC e TSB

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!