Tribunal na Austrália multa professor pela morte de dois adolescentes japoneses

Um tribunal na Austrália multou o professor por falhar em seu dever de cuidado pelo afogamento de 2 estudantes japoneses em uma ilha turística no país em 2019.

O Lake McKenzie é um lago pitoresco em K’gari, antigamente conhecido como Fraser Island, em Queensland, na Austrália (banco de imagens)

Um tribunal australiano multou na segunda-feira (27) um professor em AU$55 mil (US$36 mil) por falhar em seu dever de cuidado pelo afogamento de dois estudantes japoneses em uma ilha turística popular no leste da Austrália em 2019.

Publicidade

Shinri Minatoya, de 61 anos, era um dos professores que acompanhava os dois adolescentes de 16 anos e outros 13 estudantes da Escola de Ensino Médio da Universidade de Kanagawa em um tour em grupo guiado no Lake McKenzie, um lago pitoresco em K’gari, antigamente conhecido como Fraser Island, em Queensland, em março de 2019.

O professor, que compareceu no Tribunal Distrital Hervey Bay em Queensland, confessou culpa à acusação de violar leis de trabalho relacionadas à saúde e segurança sobre o incidente que viu dois garotos desaparecerem enquanto nadavam no lago em 29 de março de 2019. Seus corpos foram encontrados no lago no dia seguinte.

“Em violação à função de saúde e segurança que você devia àqueles jovens, você permitiu que eles nadassem no lago e não os supervisionou adequadamente. Isso foi um risco óbvio e obviamente falha em sua função”, disse o magistrado do tribunal a Minatoya.

Ele também foi ordenado a pagar AU$1.599.7 em custos profissionais pelos processos.

Levando em consideração o possível impacto em seu emprego, dentre outros fatores, o tribunal não deu a ele uma condenação.

Em uma declaração lida em voz alta no tribunal, o professor, que tem mais de 30 anos de experiência na profissão, admitiu falhar em sua responsabilidade sobre os estudantes, e pediu desculpas às famílias enlutadas.

A Huckleberry Australia, uma empresa japonesa de tours com sede na Austrália que organizou a excursão para os estudantes, que pertencia à escola em Yokohama, foi condenada e multada em AUS$250 mil por falhar em cumprir com sua função de saúde e segurança sobre os estudantes em fevereiro de 2023.

O diretor da empresa, Hiroyuki Hidaka, também enfrentou acusações similares, mas a queixa foi descartada em 2022 após nenhuma evidência ter sido apresentada pela promotoria.

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Idoso é preso por agredir cão e ferir o dono com canivete

Publicado em 27 de fevereiro de 2024, em Sociedade

O cão de pequeno porte estava com coleira e guia, portanto, não era uma ameaça e tampouco estava em passeio irregular. Mas, o idoso agrediu o pet e o dono.

Foto meramente ilustrativa de um cão de pequeno porte com coleira e guia (Pexels)

A reportagem da FNN soube na segunda-feira (26) que um idoso, 77 anos, desempregado, residente em Ota-ku, Tóquio, foi preso em flagrante.

Publicidade

Segundo informações do Departamento de Polícia Metropolitana, um homem na faixa dos 40 e sua filha passeavam com um cão de estimação em Ota-ku, no final da tarde de 24 deste mês.

Quando o idoso passou por eles, o cão latiu. Ele reagiu dando um chute na barriga do pet. Como o dono do pequeno cão se irritou, iniciaram uma discussão e, em seguida, o idoso sacou um canivete e o atacou ferindo o rosto.

“Acho que ele (o idoso) levou um susto porque o cachorro latiu, mas não esperava que ele tivesse um canivete”, disse o dono do pet na segunda-feira.

O cachorro de pequeno porte estava com coleira e guia e não atacou o idoso. A polícia foi chamada por causa desse incidente, por isso, o idoso foi detido e está sendo interrogado para saber o motivo da agressão ao animal e ao dono dele.

Fonte: FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!