Coreia do Norte lança vários mísseis

Os mísseis lançados pelos norte-coreanos são de curto alcance e, segundo o governo japonês, caíram fora da ZEE, mas ameaçam a paz.

Reprodução da foto publicada pelo Rodong Sinmun (NHK)

A Coreia do Norte disparou vários mísseis balísticos de curto alcance em direção ao Mar do Leste, também conhecido como Mar do Japão, na segunda-feira (22), disseram os militares sul-coreanos, três dias depois de lançar mísseis de cruzeiro no Mar Amarelo.

Publicidade

O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul (JCS) disse ter detectado o que pareciam ser vários mísseis balísticos de curto alcance lançados da região de Pyongyang às 15h01.

“Os mísseis norte-coreanos voaram cerca de 300 quilômetros e caíram no mar”, disse o JCS numa mensagem de texto aos jornalistas. Não forneceu mais detalhes, citando uma análise em andamento, informou a agência de notícias Yonhap.

Segundo as autoridades japonesas, os mísseis caíram fora da Zona Econômica Exclusiva do Japão (ZEE).

O secretário-chefe do gabinete, Yoshimasa Hayashi disse que “apresentamos um forte protesto contra a Coreia do Norte através da embaixada em Pequim e o condenamos veementemente”.

Na Coréia do Sul o JCS denunciou os lançamentos de mísseis do Norte como “uma provocação clara” que ameaça seriamente a paz e a estabilidade na Península Coreana, prometendo manter uma vigilância reforçada contra os seus lançamentos adicionais.

Marca o primeiro lançamento de míssil balístico do Norte desde que testou um novo míssil balístico de alcance intermediário equipado com uma ogiva hipersônica.

A Coreia do Norte disse que realizou um teste de potência de uma “ogiva supergrande” para um míssil de cruzeiro estratégico e testou um novo míssil antiaéreo no Mar Amarelo na sexta-feira.

Fontes: FNN e Yonhap News Agency

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Iene ainda mais desvalorizado chegando à casa dos 155/dólar

Publicado em 23 de abril de 2024, em Economia

Como continua a tensão no Oriente Médio, é possível que o dólar americano fique ainda mais fortalecido.

Imagem ilustrativa (PM)

O mercado de câmbio de Nova Iorque fechou o expediente de segunda-feira (22), no horário local, com a taxa se aproximando dos 155 ienes por dólar americano: ¥154,80, tornando-se a pior marca dos últimos 34 anos.

Publicidade

O problema das vendas da moeda japonesa para a compra do dólar americano continua sendo o mesmo. A diferença nas taxas de juros entre o Japão e os Estados Unidos e a forte economia da terra do Tio Sam. Além disso, uma série de declarações feitas pelas pessoas relacionadas ao mercado, fortaleceu ainda mais o dólar.

Em 19 da semana anterior, depois da notícia do ataque de Israel contra o Irã, levou os investidores a uma maior inversão ao risco. Nessa ocasião a moeda japonesa voltou ao nível de 153 ienes por dólar americano, mas como a situação no Oriente Médio continua tensa, a compra dos dólares voltou a progredir.

Fontes: NHK e Fisco

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!