Em ranking das cidades mais seguras do mundo, Tóquio fica no primeiro lugar

Publicado em 30 de agosto de 2019, em Notícias do Mundo

O Index de Cidades Seguras da Economist Intelligence Unit classificou 60 destinos em todo o mundo. Saiba mais.

Neste Artigo:
&nbspEm ranking das cidades mais seguras do mundo, Tóquio fica no primeiro lugar
Singapura (sup. à esq.), Tóquio (sup. à dir.), Osaka (inf. à esq.) e Amsterdã (inf. à dir.) – banco de imagens

O Safe Cities Index (SCI) 2019 da Economist Intelligence Unit classificou 60 destinos em todo o mundo em termos de segurança digital, segurança na saúde, infraestrutura e segurança pessoal.

Publicidade

No topo da lista está Tóquio. A metrópole mais populosa na Terra ganhou uma pontuação de 92.0 de um total possível de 100.

Singapura vem logo atrás, em 2º lugar, com pontuação de 91.5 e outra metrópole japonesa, Osaka, ficou em 3º, com 90.9. Nenhuma surpresa aqui, já que essas cidades também ficaram nos três primeiros lugares nos dois rankings anteriores da SCI, realizados em 2015 e 2017.

Cidades europeias incluindo Amsterdã (Holanda) – combatendo muito questões de excesso de truísmo – e Copenhague (Dinamarca), conhecida por suas pitorescas casas na beira do mar e estilo de vida acolhedor, também ficaram entre as 10 mais seguras, em 4º e 8º lugares respectivamente.

A única cidade dos EUA que ficou entre as 10 mais foi Washington.

Se sentindo seguro

Nossa compreensão de cidade segura mudou nos últimos anos, sugere o relatório do SCI.

Com questões como terrorismo e mudança climática cada vez mais nas mentes da pessoas, os compiladores do index dizem que agora levam em consideração a habilidade de uma cidade “se recuperar rapidamente” após um desastre natural ou cometido pelo homem.

Enquanto analisa a resiliência da cidade, o SIC olhou para serviços de emergência disponíveis na cidade, instalações de transporte, seguro contra catástrofe, desenvolvimento de risco de desastre e preparação de cibersegurança.

Tóquio também ficou no 1º lugar em termos de sua segurança digital, mas Singapura teve pontuação mais alta para segurança de infraestrutura e segurança pessoal.

“A pesquisa destaca como diferentes tipos de segurança são interligados completamente”, disse Naka Kondo, editor sênior da Economist Intelligence Unit e editor do relatório SCI 2019.

Hong Kong, em 9º lugar na lista no ano de 2017, caiu para a 20ª posição neste ano. A cidade vem sendo balançada por protestos antigoverno por vezes violents nos últimos meses, levando a um declínio no número de visitantes.

Cidades não precisam ser ricas para serem seguras, diz o relatório, embora reconheça que aquelas em países desenvolvidos tendem a aparecer em posições mais baixas na lista.

Em último lugar na lista, na 60ª posição, está Lagos (Nigéria), com uma pontuação de 38.1.

Também nos cinco finais estão Caracas (Venezuela), Yangon (Myanmar), Karachi (Paquistão) e Dhaka (Bangladesh).

As cidades mais seguras para visitar 2019, de acordo com o SCI:

Cidade País/Nação
1 Tóquio Japão
2 Singapura Singapura
3 Osaka Japão
4 Amsterdã Holanda
5 Sydney Austrália
6 Toronto Canadá
7 Washington DC EUA
8 Copenhague Dinamarca
8 Seul Coreia do Sul
10 Melbourne Austrália

A Economist Intelligence Unit é uma empresa britânica do Economist Group que fornece serviços de previsão e consultoria por meio de pesquisa e análise, como relatórios mensais de países, previsões econômicas nacionais de cinco anos, relatórios de serviços de risco país e relatórios setoriais.

Fonte: Economist Intelligence Unit


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão