Inédito no Japão: casal homossexual adota criança e forma uma família

Devidamente certificado, um casal homossexual adota uma criança, fato inédito no Japão. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

imagem ilustrativa

Em todo o arquipélago, existem instituições que abrigam e cuidam de crianças abandonadas, órfãs ou que sofreram maus tratos pelos pais. Elas esperam por alguém que as acolha ou adote (sato oya 里親).

Publicidade

De acordo com a legislação de bem estar do menor, existem 4 formas: adoção, adoção por parentes, acolhimento de curto prazo e acolhimento especializado. Para que ocorra a adoção, é necessário ser aprovado em quesitos estabelecidos e verificados pelo órgão municipal. Isso inclui treinamentos, comprovação de renda e verificação das condições para a adoção ou acolhimento. Depois de tudo verificado o município confere a certificação da adoção ou acolhimento.

Primeira certificação para adoção por um casal do mesmo sexo

O anúncio de que o Município de Osaka (província homônima) certificou um casal homossexual, duas pessoas do sexo masculino, para se tornarem pais de um teen, segundo a imprensa japonesa. O anúncio foi feito na quarta-feira (5) e ocupou espaço em todos os veículos de imprensa.

De acordo com a matéria do Sankei News, o casal é formado por um homem na faixa dos 40 anos e outro na faixa etária dos 30. Os dois adotaram um garoto teen, o qual está vivendo com eles desde fevereiro deste ano.

Segundo o jornal, foi a primeira vez que o município recebeu uma solicitação de adoção por um casal homossexual. De acordo com o noticiário da TBS, o casal teria dito na prefeitura que “queremos criar uma criança como pais adotivos”. As matérias não informam a data em que o casal efetuou a solicitação. Apenas que recebeu a certificação no final do ano passado, depois de ter passado por todos os processos como manda a lei.

Casal homossexual atendeu a todos os requisitos para adoção

De acordo com declaração de uma fonte do Sankei, do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem Estar “não havia nenhum registro de caso de adoção por um casal homossexual”.

O casal foi aprovado nos requisitos necessários, tem a compreensão sobre a adoção, boas condições no cotidiano e tem estabilidade financeira, declarou um funcionário da prefeitura para a imprensa.

“Estamos felizes por termos formado uma família, não só como indivíduos. Quando ele (o filho adotado) nos conta sobre a escola e os amigos, pensamos: ele está tendo tranquilidade para viver”, declarou uma das partes para o Sankei News.

Fontes: Sankei e TBC/JNN
Imagem ilustrativa: Pixabay

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

As temperaturas mais quentes do ano foram registradas em grande parte do Japão

Publicado em 6 de abril de 2017, em Sociedade, Tempo

Aproximadamente 60% dos pontos de observação do Japão registraram as maiores temperaturas do ano! Veja mais!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem Ilustrativa

Segundo a Agência Meteorológica do Japão (JMA, sigla em inglês), devido à influência de altas pressões atmosféricas, várias regiões do norte e leste do Japão tiveram um dia ensolarado na quarta-feira (5). A região de Hokuriku e outras próximas ao Mar do Japão tiveram temperaturas altas em razão das correntes de ar quentes e secas.

Publicidade

As temperaturas máximas mais altas durante o dia foram registradas nas cidades de Toyama, 24.6ºC, Komatsu (Ishikawa), 24.5ºC, Fukushima, 23.3ºC, Tottori, 21.9ºC, no centro de Tóquio, 20.7ºC, e em Obihiro (Hokkaido), 19.3ºC. Em muitas regiões do Japão, foram registradas temperaturas comuns entre os meses de abril e junho.

De acordo com a JMA, em 536 pontos de observação espalhados pelo Japão, o equivalente a 58% de todos os observatórios meteorológicos, foram registradas as temperaturas mais quentes do ano.

Com este calor, a JMA anunciou o início da floração das flores de cerejeira nas cidades de Kagoshima, Toyama, Fukui e Hikone (Shiga) e a plena floração em Fukuoka e Tsu (Mie).

A JMA espera que o tempo quente continue também nesta quinta-feira (6). A temperatura máxima esperada é de 22ºC em Kagoshima, 21ºC em Kanazawa, 20ºC em Fukuoka, Osaka e no centro de Tóquio e 18ºC em Sendai. Entretanto, devido à influência de uma frente atmosférica que está vindo do oeste, também há previsão de chuva para muitas regiões.

A JMA adverte sobre o perigo de avalanches e inundações devido ao derretimento do gelo em áreas montanhosas.

Fonte: NHK News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades