Coronavírus: luz UV profunda de empresa japonesa enfraquece em 99,9%

Publicado em 28 de maio de 2020, em Sociedade

A empresa disse que os LEDs seriam úteis na prevenção de infecções em massa em hospitais.

Neste Artigo:
&nbspCoronavírus: luz UV profunda de empresa japonesa enfraquece em 99,9%
Ilustração 3D do coronavírus (PM)

A Universidade de Miyazaki e a Nikkiso disseram na quarta-feira (27) que seu experimento mostrou que um LED ultravioleta profundo desenvolvido pela empresa é eficaz no enfraquecimento do novo coronavírus, reduzindo sua capacidade de infecção em mais de 99,9%.

Publicidade

As “Deep UV-LEDs” têm poucos efeitos nocivos sobre o corpo humano ou ao ambiente, de acordo com a Nikkiso. A ultravioleta profunda também provou ser eficaz contra alérgenos, e a empresa sediada em Tóquio a usou em seu purificador de ar Aeoropure.

&nbspCoronavírus: luz UV profunda de empresa japonesa enfraquece em 99,9%
A foto mostra o purificador Aeropure (Kyodo)

O experimento envolveu projetar os diodos emissores de luz por 30 segundos em uma cultura de líquido do vírus.

Após deixá-lo em repouso por 3 dias, a equipe descobriu que a capacidade de infecção do vírus caiu em mais de 99,9%, disse a universidade, acrescentando que os LEDs seriam úteis em prevenir infecções em massa em hospitais.

“Junto com o ato de lavar as mãos e usar vestimentas de proteção, devemos combinar vários itens para restaurar a vida normal. Espero que isso ajude”, disse Hiroko Inagaki, professora assistente na Faculdade de Medicina da universidade.

Em meio a reportagens sobre o experimento, as ações da Nikkiso subiram cerca de 14% na quarta-feira (27) em Tóquio.

Fonte: Kyodo News and Culture


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão