Gunma: recorde de estrangeiros mas ainda falta mão de obra

Gunma registrou recorde no número de estrangeiros residentes, no entanto, ainda falta trabalhadores. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

brasileiros continuam sendo maioria em Gunma (foto ilustrativa: Rurubu)

De acordo com dados fornecidos pela província de Gunma, o número de estrangeiros residentes foi recorde. Até 31 de dezembro do ano passado foram registrados 48.521 estrangeiros. Com esses dados, a análise é de aumento pelo quarto ano consecutivo, segundo o jornal Mainichi.

Publicidade

Os brasileiros ainda são maioria com 11.636 residentes, 417 a mais que em 2.015. Depois, são seguidos pelos chineses, com 7.348 e filipinos, com 6.679. Observa-se um grande crescimento da comunidade vietnamita. De 1.431 residentes passou para 5.464 em 2.016, ultrapassando a peruana, com 4.476. A província atribui o crescimento dos asiáticos aos estudantes e estagiários técnicos, os quais fazem parte de um dos pilares de suporte ao crescimento econômico do Japão.

A cidade com maior número de estrangeiros é Isezaki, com 11.190. Depois vem Oizumi-cho, onde 17,3% da população da cidade com 41.568 são estrangeiros, ultrapassando 7 mil pessoas.

estação de trem Nishi Koizumi

Falta de mão de obra

A Universidade de Gunma realizou uma pesquisa entre os estudantes estrangeiros. Dos 292 que responderam, 84% pensam em se empregar fora da província. Um dos motivos pode ser a falta de conhecimento das empresas, apontou um dos professores entrevistado. Há esforços da província para que os estudantes descubram o que ela tem de melhor.  

Uma fonte da Divisão de Coexistência Multicultural explicou que “comparando à situação de 2.008, quando ocorreu o Lehman Shock, está ocorrendo a recuperação econômica. Assim, as empresas da província estão com falta de recursos humanos”.

Com a reforma da Lei de Controle de Imigração em novembro do ano passado, o governo quer aumentar o número de estrangeiros para trabalharem como cuidadores de idosos. Assim, a província de Gunma também tem se preocupado em preparar as empresas prestadoras desse serviço para a aceitação dos cuidadores estrangeiros. Deve-se ao fato do aumento de idosos na província, tanto os japoneses quanto os estrangeiros residentes que já estão chegando a uma idade avançada.

 

Fonte: Mainichi Shimbun
Imagens ilustrativas: Rurubu

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Festival das Rosas: 30 mil roseiras num dos maiores parques do mundo

Publicado em 26 de maio de 2017, em Turismo em Gifu

Passeio imperdível: 30 mil roseiras no Hana Festa Memorial Park. Saiba onde fica e quanto custa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Festival das Rosas: 30 mil roseiras para encantar os visitantes (Chunichi)

O Festival de Primavera das Rosas (春のバラまつり) já iniciou, com aromas, formas e cores para encantar os visitantes. Pessoas de todo o Japão costumam viajar quilômetros para apreciar as 30 mil roseiras, com 7 mil espécies diferentes. O parque das roseiras do Hana Festa Memorial Park é considerado um dos maiores do mundo.

Publicidade

O cuidado com o imenso jardim de rosas é incrível. O começo da primavera deste ano foi marcado por temperaturas não muito elevadas, o que atrasou o florescimento das milhares e milhares de rosas.

Com a beleza das rosas em botão e já abertas, de tantas cores até inimagináveis, o visitante não vê a hora passar. Cada espécie tem cores, formato único da flor e das pétalas e aromas, que vão dos doces ao adocicados. Alguns aromas remetem ao das frutas, ao romance, à delicadeza ou à sensualidade.

As cores também são de uma variedade incontável em uma única cartela. Do branco ao vermelho intenso, quase negro, têm até a rara rosa azul, com tom mais puxado para o lilás.

pequena mostra das variedades das roseiras, incluindo as azuis (divulgação)

O passeio é imperdível. Há colinas e deck de observação para quem deseja ver as cenas que parecem sair de um quadro de pintura. Se a fome bater ou der vontade de tomar um drink, há locais para refeições e cafés.

A dica é vestir-se confortavelmente, calçar um par de tênis e caminhar no parque.

Festival das Rosas no Hana Festa

  • Local: Hana Festa Memorial Park
  • Período do Festival das Rosas: até 18 de junho
  • Horário: das 9h00 às 17h00 (entrada permitida até 16h30)
  • Horários especiais durante o festival: até 20h30 somente nos dias 3 e 10 de junho
  • Ingresso durante o festival das rosas: mil ienes (abaixo de koko não paga)
  • Ingresso fora do festival: 520 ienes
  • Passaporte anual para o adulto: 2.060 ienes
  • Endereço do parque: Gifu-ken Kani-shi Seta 1584-1 (clique para abrir o mapa)
  • Estacionamento: gratuito para mil veículos
  • HP em inglês: http://www.hanafes.jp/hanafes/aboutus/english

Fonte: divulgação
Fotos: Chunichi/divulgação

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância