Serpente foi a causa do apagão por 40 minutos

Uma serpente foi a causa do apagão por 40 minutos na noite de quarta-feira no Japão. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

imagem fornecida pela Kyushu Electric Power (TBS)

O noticiário da TBS informou nesta manhã de sexta-feira (26) que na noite de 24, houve um apagão por cerca de 40 minutos. A área atingida foi uma parte da cidade de Kumamoto, afetando cerca de 100 edificações. A causa do apagão foi uma serpente.

Publicidade

A Kyushu Electric Power soube do apagão e enviou funcionários para verificar a ocorrência no bairro central Chuo, especificamente em Suizenji.

“Uma serpente se enrolou no transformador, o que provocou uma anomalia, causando o apagão”, explicou a companhia.

A vilã tinha 1,30 de comprimento. Segundo a companhia de energia elétrica, esta não foi a primeira vez que uma serpente sobe no poste e causa problema.

Supõe-se que a serpente queira subir para encontrar ninho de pássaro. Por isso, a Kyushu Electric Power tem realizado trabalhos para evitar que os pássaros façam ninhos e, consequentemente, conter a ação da rastejante.

A matéria não explica sobre a espécie da serpente encontrada.  

 

Fonte e imagem: TBS

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Gunma: recorde de estrangeiros mas ainda falta mão de obra

Publicado em 26 de maio de 2017, em Comunidade

Gunma registrou recorde no número de estrangeiros residentes, no entanto, ainda falta trabalhadores. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

brasileiros continuam sendo maioria em Gunma (foto ilustrativa: Rurubu)

De acordo com dados fornecidos pela província de Gunma, o número de estrangeiros residentes foi recorde. Até 31 de dezembro do ano passado foram registrados 48.521 estrangeiros. Com esses dados, a análise é de aumento pelo quarto ano consecutivo, segundo o jornal Mainichi.

Publicidade

Os brasileiros ainda são maioria com 11.636 residentes, 417 a mais que em 2.015. Depois, são seguidos pelos chineses, com 7.348 e filipinos, com 6.679. Observa-se um grande crescimento da comunidade vietnamita. De 1.431 residentes passou para 5.464 em 2.016, ultrapassando a peruana, com 4.476. A província atribui o crescimento dos asiáticos aos estudantes e estagiários técnicos, os quais fazem parte de um dos pilares de suporte ao crescimento econômico do Japão.

A cidade com maior número de estrangeiros é Isezaki, com 11.190. Depois vem Oizumi-cho, onde 17,3% da população da cidade com 41.568 são estrangeiros, ultrapassando 7 mil pessoas.

estação de trem Nishi Koizumi

Falta de mão de obra

A Universidade de Gunma realizou uma pesquisa entre os estudantes estrangeiros. Dos 292 que responderam, 84% pensam em se empregar fora da província. Um dos motivos pode ser a falta de conhecimento das empresas, apontou um dos professores entrevistado. Há esforços da província para que os estudantes descubram o que ela tem de melhor.  

Uma fonte da Divisão de Coexistência Multicultural explicou que “comparando à situação de 2.008, quando ocorreu o Lehman Shock, está ocorrendo a recuperação econômica. Assim, as empresas da província estão com falta de recursos humanos”.

Com a reforma da Lei de Controle de Imigração em novembro do ano passado, o governo quer aumentar o número de estrangeiros para trabalharem como cuidadores de idosos. Assim, a província de Gunma também tem se preocupado em preparar as empresas prestadoras desse serviço para a aceitação dos cuidadores estrangeiros. Deve-se ao fato do aumento de idosos na província, tanto os japoneses quanto os estrangeiros residentes que já estão chegando a uma idade avançada.

 

Fonte: Mainichi Shimbun
Imagens ilustrativas: Rurubu

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância