Residentes encontram bomba não detonada da 2ª Guerra enquanto limpavam armário

Resquícios da 2ª guerra ainda podem ser encontrados no Japão. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bombeiros e a Força Terrestre de Autodefesa (Asahi)

Em uma casa na cidade de Ujinakanda, província de Hiroshima, algumas pessoas decidiram passar o feriado de Golden Week fazendo uma pequena limpeza de primavera no final da manhã do dia 3 de maio. No entanto, o que iniciou como uma tarefa tediosa acabou se transformando em uma situação de risco, visto que uma bomba não detonada foi encontrada em um dos closets da residência.

Publicidade

Apesar da época em que foram produzidas, que remonta à 2ª Guerra Mundial, essas armas não detonadas ainda podem explodir e não devem ser tocadas, mesmo ligeiramente, a não ser por um profissional treinado. Então, esses organizadores de primavera fizeram a coisa certa em chamar o departamento de bombeiros, que enviou a 13ª Divisão da Força Terrestre de Autodefesa ao local.

Quando chegaram ao local, as forças de autodefesa bloquearam todo o tráfego nas redondezas e removeram cuidadosamente a arma para que ela pudesse ser detonada de forma segura em outro lugar. O projétil tinha cerca de 27cm de comprimento, 90mm de diâmetro e pesava cerca de 8kg.

A bomba era de fabricação japonesa, mas como ela foi parar no closet dessa casa em particular é pouco claro. No entanto, parece que essas bombas são encontradas com certa frequência em áreas populosas, como uma descoberta há 2 anos em Osaka.

Dessa vez, a bomba foi encontrada a cerca de 4km ao sul da estação de Hiroshima da JR em uma área residencial. Os bombeiros pediram às pessoas que evacuassem suas casas, mas a área foi liberada à tarde.

Fonte: Rocket News
Imagem: Asahi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Falta de motoristas leva empresas a mudarem de caminhões para ferrovias

Publicado em 8 de maio de 2017, em Sociedade

Devido à escassez de motoristas de caminhão, empresas mudam para o transporte através de ferrovias. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Devido à escassez de motoristas de caminhão, empresas mudam para o transporte através de ferrovias (imagem ilustrativa)

Uma escassez de motoristas está levando empresas de distribuição de carga a mudarem de caminhões para ferrovias e navios no transporte de longa distância.

Publicidade

A Fukuyama Transporting está substituindo caminhões por trens de carga neste mês para envios entre Nagoia (Aichi) e Fukuoka (província homônima). A distância entre as duas cidades na central e oeste do Japão é de 600km. Os trens vão transportar a mesma quantidade diária de carga de 60 caminhões.

A empresa já vem usando trens de carga entre Tóquio e Osaka, assim como entre Tóquio e Hiroshima.

A Sagawa Express, empresa de entregas, começou a usar trens de passageiros para transporte de encomendas com início em abril, para lidar com a falta de motoristas. Contudo, o uso está limitado dentro da província de Niigata. A empresa planeja expandir o serviço a outras províncias.

A MOL Ferry mudou seu horário de partidas para a noite em uma de suas rotas de ferry neste mês. A rota conecta Ibaraki e Hokkaido.

A partida mais tardia permite aos distribuidores de Tóquio e cidades vizinhas colocarem seus caminhões de longo curso nas ferries no mesmo dia que coletam envios de seus clientes.

Fonte: NHK
Imagem: Bank Image

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência