Destroços são encontrados ao largo da costa de Hamamatsu onde helicóptero pode ter caído

O helicóptero com 4 tripulantes a bordo desapareceu dos radares logo após ter partido da base de Hamamatsu (Shizuoka) no final da tarde de terça-feira (17) para um treinamento noturno.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O helicóptero com 4 tripulantes caiu no mar na costa de Hamamatsu (Shizuoka) durante um voo de treinamento no final da tarde de terça-feira (ANN/reprodução)

A Força Aérea de Autodefesa do Japão (FAAJ) continuou nesta quarta-feira (18) o trabalho de busca e resgate de um helicóptero com quatro de seus membros a bordo, que acredita-se ter caído no mar ao largo da costa de Hamamatsu (Shizuoka) durante um voo de treinamento na tarde de terça-feira (17).

Publicidade

Um helicóptero UH-60J desapareceu dos radares por volta das 18h de terça-feira quando sobrevoava uma área a cerca de 30Km ao sul da costa em Hamamatsu.

“Parece que o helicóptero caiu,” disse o ministro da defesa Itsunori Onodera aos repórteres, salientando que o que aparentam ser destroços do helicóptero foram encontrados no mar. A porta de um helicóptero com o kanji para Koku Jietai (Força Aérea de Autodefesa), um esticador e um tanque de combustível foram encontrados na área onde ele pode ter caído.

O UH-60J pertencia à unidade da Asa de Resgate Aéreo da base de Hamamatsu da FAAJ. A bordo do helicóptero estavam o capitão, o Major Akihiro Hanafusa, de 42 anos, um copiloto, um membro de busca e resgate e um engenheiro.

Helicópteros da FAAJ e navios de patrulha da Guarda Costeira do Japão seguiram para o local do acidente para realizar as buscas (ANN/reprodução)

O UH-60J desapareceu dos radares cerca de dez minutos após ele ter partido da base de Hamamatsu, por volta das 17h50, para um treinamento de busca e resgate usando equipamento de visão noturna sobre o mar. Não havia tráfego de rádio confirmado que indicou uma emergência, segundo oficiais da FAAJ.

A Asa de Resgate Aéreo conduz operações de busca e resgate no caso de desastres e acidentes envolvendo aeronaves das Forças de Autodefesa.

O UH-60J, com capacidade para até cinco pessoas, tem 19,7m de comprimento, 16,36m de diâmetro e 5,13m de altura. Ele tem um alcance de 1,300Km e uma velocidade máxima de 265Km/h. O helicóptero está equipado com sistema infravermelho de visão noturna e radar meteorológico.

Em 15 de maio, uma aeronave LR-2 de ligação e reconhecimento da Força Terrestre de Autodefesa caiu em uma montanha em Hokkaido, matando todos os quatro tripulantes. Um helicóptero de patrulha SH-60J da Força Marítima de Autodefesa caiu no mar ao largo da costa da província de Aomori em 26 de agosto, deixando três de seus quatro tripulantes desaparecidos.

A provável causa das duas quedas foi erro humano, visto que o avião e o helicóptero, aparentemente, não tinham problemas mecânicos, de acordo com o Ministério da Defesa.

Fonte: Japan Times, Jiji
Imagem: ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Adolescente brasileira desaparecida em Gunma

Publicado em 18 de outubro de 2017, em Comunidade

Desaparecida desde a noite de domingo, família e polícia buscam pela adolescente brasileira de 12 anos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Brasileira de 12 anos, desaparecida desde a noite de domingo, em Ota (foto cedida)

Os pais da adolescente Alice Matsuda estão vivendo um momento de desespero pelo desaparecimento dela.

Publicidade

Segundo a mãe – Laine Tsukada – residente em Ota (Gunma), o marido estava trabalhando e ela voltaria para casa às 17h00. Deixou a filha Alice em casa, cuidando da irmãzinha.

Por volta das 15h30 ela recebeu uma mensagem informando que iria para o Jusco da cidade. Ela levou a irmãzinha para a casa da irmã mais velha, casada, e a deixou lá.

Por volta das 19h a mãe recebeu uma mensagem no smartphone avisando que ela voltaria para casa às 20h.

Desaparecida desde domingo à noite

“Como ela não voltou para casa, na segunda-feira (16) pela manhã, fomos até a delegacia pedir ajuda”, conta a mãe.

“Fiz contato com todos os amigos da Alice e eles contam que estiveram com ela até por volta das 19h”, relata.

A mãe já verificou o guarda-roupa. “Não percebi falta de roupas e outros pertences como bolsas”, explica.

No momento da entrevista – 12h da quarta-feira (18) – o pai se encontrava na delegacia na esperança de saber da filha. “Não sei se a polícia verificou as imagens das câmeras de segurança do Jusco”, respondeu a mãe ao ser indagada sobre essa ação.

Contato com a mãe

A adolescente Alice Matsuda tem 12 anos, 1,52 m de altura e continua desaparecida. Os pais não sabem informar qual é a roupa que ela vestia pois estavam fora de casa. Informações sobre ela podem ser fornecidas através do telefone da mãe, Laine Tsukada: 080-5885-2432.

Atualização em 20 de outubro, sexta-feira, às 17h.

A mãe, Laine, informou que a filha foi encontrada. Ela foi buscá-la por volta de 00h20 de quinta-feira (19). Depois do shopping, teria ido comer sushi com uma amiga e foi para a casa dela, com medo de ser repreendida pelos pais. A menor passa bem.  

Foto: cedida

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância