Censura do Twitter é tema de discussão de conferência do governo

Governo analisa censurar alguns tópicos do Twitter para impedir casos parecidos com o do assassinato e abandono de 9 corpos em apartamento na cidade de Zama (Kanagawa).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Takahiro Shiraishi, 27, utilizava a rede social para localizar suas vítimas

Na manhã de sexta-feira (10), o Gabinete do Primeiro-Ministro sediou uma Conferência Ministerial em relação ao caso de assassinato e abandono de 9 corpos em um apartamento de Zama (Kanagawa).

Publicidade

As autoridades concordaram em analisar uma possível censura na rede social Twitter, que foi o meio utilizado pelo criminoso para escolher e se comunicar com as vítimas, para prevenir que outros casos parecidos aconteçam. Além disso, as vítimas escreviam em suas contas da rede social mensagens com intenção suicida.

Os ministros pretendem adotar as medidas ainda este ano e utilizar aquelas capazes de serem implementadas imediatamente.

“Desejo que todos os ministros mostrem sua liderança e, sob a cooperação com os ministérios relacionados, intensifiquem as medidas integradas pelo governo e aperfeiçoem a prevenção de recorrência (do incidente)”, enfatizou o chefe do gabinete Yoshihide Suga.

Suga ordenou que os ministros tomassem as seguintes providências:

  1. Compartilhamento de informações com os ministérios relacionados e análise completa do incidente
  2. Intensificação das diligências em relação a comentários e sites inapropriados relacionados com suicídio
  3. Melhoria das medidas de tratamento mental dos jovens que publicam mensagens com intensão de suicídio na Internet

    Chefe do Gabinete Suga (cadeira ao centro na fileira da esquerda) se pronunciando durante a conferência ministerial (Fonte/Reprodução: Yomiuri Shimbun)

Estavam presentes na conferência o Diretor do Comitê de Segurança Nacional Hachiro Okonogi, o Ministro dos Assuntos Internos e Comunicações Seiko Noda, o Ministro da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia Yoshimasa Hayashi, entre outros.

Está prevista ara a próxima semana uma reunião dos diretores-gerais dos ministérios relacionados.

Fonte: Yahoo e Yomiuri Shimbun

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Anunciada nova trilogia da Star Wars

Publicado em 10 de novembro de 2017, em Cultura Pop

A Disney anunciou oficialmente uma nova trilogia da série Star Wars desvinculada do universo principal.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem/Reprodução: Wikipedia

A Lucasfilm e Robert Iger, diretor executivo (CEO) da Disney, anunciaram uma nova trilogia da série Star Wars. O roteiro será escrito por Rian Johnson, diretor do filme “Star Wars: Os Últimos Jedi”, que estreará em 15 de dezembro.

Publicidade

Segundo o site oficial, a nova trilogia se passará em uma parte da galáxia nunca antes explorada e contará a história de personagens desconhecidos para o público. A história será desvinculada do universo principal, que terá nove filmes, começando pelo “Star Wars: Uma Nova Esperança”, de 1977, até o “Star Wars: Episódio Nove (nome provisório)”. Não foram anunciados os detalhes e a data de estreia.

O diretor Johnson será encarregado pela direção e roteiro enquanto Ram Bergman será responsável pela produção. “Star Wars tem uma mitologia moderna incrível e nos sentimos extremamente sortudos por podermos contribuir. Mal podemos esperar para produzir os novos filmes”, anunciou a dupla.

Rian Johnson, roteirista e diretor da nova trilogia

Kathleen Kennedy, presidente do estúdio Lucasfilm, disse no novo episódio do programa “The Star Wars Show”, publicado na conta oficial do estúdio no YouTube, que (o estúdio) estava estudando as próximas histórias da série. “Concordamos em nossas reuniões sobre os próximos 10 anos (de Star Wars) que devemos estudar até onde devemos levar as histórias do Star Wars”, disse Kennedy.

“Rian é uma força criativa e ver seu árduo trabalho em Os Últimos Jedi do início ao fim foi a maior felicidade da minha carreira”, divulgou a presidente.

No momento atual, foram confirmados dois filmes da franquia para os próximos anos. O primeiro será um spin-off contando a uma história protagonizada por Han Solo: “Solo: Star Wars Story”, que estará nas telonas dos EUA em 25 de maio de 2018. O segundo, de título ainda provisório, continuará a história contada em Os Últimos Jedi e será dirigido por J.J Abrams, diretor e roteirista de Despertar da Força.

Fonte: Eiga e Yahoo

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância