Ministro nega que o Japão seja foco de exportações ilegais de marfim

A ausência contínua de normas efetivas e cumprimento da lei tornam o Japão um mercado lucrativo para o contrabando organizado de marfim para a China, segundo o TRAFFIC.

Confrontadas pelas matanças em massa de elefantes, partidos para a Convenção sobre Comércio Internacional das Espécies da Fauna e Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção pediram o fechamento de mercado domésticos de marfim que contribuem para a caça ou comércio ilegal (imagem ilustrativa)

O ministro japonês do meio ambiente negou uma afirmação de que o país tenha sido um foco de exportações ilegais de marfim, após um fiscalizador de comércio de animais selvagens ter pedido ao Japão que parasse de alimentar a prática internacionalmente proibida.

Publicidade

“Temos aumentado o gerenciamento de distribuição no mercado e tomado medidas necessárias”, disse o Ministro do Meio Ambiente, Masaharu Nakagawa, após um pedido feito pela organização que monitora o comércio de vida selvagem, o TRAFFIC, do grupo de conservação WWF, para encerrar o mercado.

Em um estudo divulgado em 20 de dezembro, o TRAFFIC disse que a ausência contínua de normas efetivas e cumprimento da lei tornam o Japão um mercado lucrativo para o contrabando organizado de marfim para a China.

Nakagawa tomou conhecimento de alguns casos em que chineses adquiriram marfim no Japão e levaram para o exterior, salientando, “Queremos monitorar de perto a situação e tomar medidas adicionais se os controles precisarem ser fortalecidos”. O comércio doméstico de marfim, usado para carimbos e acessórios, é legal no Japão.

O relatório do TRAFFIC revelou como as antiguidades e mercados turísticos do Japão estão auxiliando as exportações ilegais de marfim através de compras rotineiras por visitantes e comerciantes profissionais. Sua revisão de registros de apreensão mostrou que exportações ilegais de marfim do Japão totalizaram 2,42 toneladas entre 2011 e 2016.

Confrontadas pelas matanças em massa de elefantes, partidos para a Convenção sobre Comércio Internacional das Espécies da Fauna e Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção em sua resolução ano passado pediram o fechamento de mercados domésticos de marfim que contribuem para a caça ou comércio ilegal.

A China a maior consumidora de marfim do mundo, seguiu ao declarar o fechamento de seu mercado doméstico de marfim até o final de 2017. Contudo, o Japão insiste em manter seu mercado aberto, argumentando que a proposta não se aplica a ele.

Fonte: Japan Today, Kyodo
Imagem: Bank Image

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

30 notícias que bombaram em 2017

Publicado em 26 de dezembro de 2017, em Sociedade

As notícias do Portal Mie que mais foram visualizadas em 2017 foram variadas. Confira e relembre os fatos mais marcantes do ano. A top foi lida por 170 mil pessoas.

Publicidade

As 30 notícias que mais tiveram acesso, foram compartilhadas e comentadas são diversas. Para reler as que despertarem interesse novamente, toque sobre a indicação dela. Em geral as que mais chamaram à atenção do público do Portal Mie foram as relacionadas aos mísseis da Coreia do Norte. Não é para menos. Foram 16 lançamentos, entre fevereiro a novembro.

Lazer e viagem são de agrado dos leitores. Afinal, quem não gosta disso? Outras com milhares de visualizações foram as relacionadas às tragédias na comunidade. As notícias sobre desaparecimento e incêndio demonstram o quanto o povo verde amarelo é solidário. As relacionadas ao crime cometido pelo padrasto peruano, matando e escondendo o corpo da enteada brasileira de 6 anos, foram todas muito visualizadas e compartilhadas.

A partir do ano de 2018, para encontrar mais facilmente uma matéria do seu interesse procure pelas hashtags na fan page do Facebook. Exemplo: está no seu perfil, digite #PortalMie na busca e aparecerão todos os posts para você ler, se informar e se atualizar. 

Confira cada uma das matérias topo, releia e compartilhe com seus amigos.

Top 30 mais lidas de 2017

[posts id=230978,262483,258431,261311,269850,252132,35637,276001,247769,271793,236625,265120,279646,274539,279523,249329,265379,262297,267355,280196,253472,257068,269762,250723,254773,278095,169946,253915,260686,269287]

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros