Toyohashi terá escola de apoio ao aluno estrangeiro

Com aumento dos alunos estrangeiros no ginásio, a cidade de Toyohashi criou uma escola de apoio para que possam ir para o colegial.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O aluno ginasial estrangeiro poderá frequentar escola de apoio inicial para aprender o idioma japonês (Flickr)

Como acontece em todo o Japão, as escolas aceitam alunos estrangeiros mesmo que não saibam o idioma japonês. Uma das grandes dificuldades é que eles podem passar do ginásio para o colegial mesmo sem conhecimento do idioma. No entanto, o aprendizado fica comprometido.

Publicidade

Para sanar este problema, o Município de Toyohashi informou que criou uma escola de apoio inicial para os estudantes estrangeiros do ginásio, recém-chegados do exterior e que queiram continuar seus estudos. A cada ano aumenta o número de ginasiais estrangeiros.

Em 10 anos, até abril de 2017, aumento dos alunos estrangeiros em Toyohashi

A instituição de apoio inicial será na Escola Ginasial Toyooka. Foi realizada uma pesquisa e o melhor local foi essa escola por causa de sua localização. Assim, crianças brasileiras e filipinas poderão se beneficiar com as aulas a serem realizadas de segunda a quinta-feira, 2 horas por dia.

Elas aprenderão leitura, escrita e compreensão do idioma japonês num programa de 160 horas. A prefeitura disponibilizará intérpretes em tagalog e português no local.

Fonte: Higashi Aichi Shimbun
Foto ilustrativa: Flickr

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Trump sugere armar professores para aumentar a segurança nas escolas

Publicado em 22 de fevereiro de 2018, em Sociedade

Trump ofereceu algumas soluções, pedindo por mais instituições de cuidados mentais e hospitais, além da ideia de armar os professores.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Há 1 semana, 17 pessoas foram mortas durante um tiroteio na Marjory Stoneman Douglas High School em Parkland, na Flórida (CNN)

O presidente Donald Trump, após ouvir na Casa Branca na quarta-feira (20) uma série de histórias comoventes e apelos para melhorar a segurança nas escolas, lançou a ideia de armar professores e outros funcionários.

Publicidade

O encontro ocorre uma semana após 17 pessoas terem sido mortas durante um tiroteio na Marjory Stoneman Douglas High School em Parkland, na Flórida, um massacre que levou estudantes, pais e professores da escola a pedirem ações por parte de Trump.

“Se você tivesse um professor com habilidade no manuseio de uma arma de fogo, ele poderia acabar com o ataque de forma muito rápida”, disse Trump, indicando que as escolas poderiam armar até 20% de seus professores para impedir atos de “maníacos” que podem tentar atacá-los.

“Isso seria, obviamente, somente para pessoas que tivessem muita habilidade com o manuseio de uma arma, porte oculto. Elas passariam por um treinamento especial e estariam lá e não haveria mais uma zona sem arma”, disse Trump. “Uma zona sem arma para um maníaco – porque todos eles são covardes – é vamos entrar e atacar porque as balas não vão voltar pra nós”.

O comentário ocorreu durante um encontro marcado por depoimentos comoventes de estudantes e pais afetados pelo tiroteio na escola. Trump ofereceu algumas soluções, pedindo por mais instituições de cuidados mentais e hospitais, além da ideia de armar os professores.

Fonte e imagem: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância