Incêndio na indústria de plásticos de Tochigi

Antes do amanhecer de segunda-feira uma indústria de plásticos de Tochigi teve incêndio. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Indústria de Tochigi em chamas (ANN)

De acordo com informações da polícia e dos bombeiros, por volta das 4h30 de segunda-feira (28) ocorreu um incêndio na Ono Sangyo, em Nishikata-machi, cidade de Tochigi (província homônima).

Publicidade

O fogo foi visto por um pedestre, o qual ligou para o 119 para avisar. Foram mandadas mais de 20 unidades dos caminhões de combate às chamas, inclusive com escadaria gigante.

Até as 9h as chamas ainda não tinham sido controladas e não gerou nenhuma vítima.

Segundo os bombeiros a indústria estava fechada, com folga de domingo, por isso, não havia ninguém trabalhando.

Os bombeiros irão investigar a causa das chamas.

No primeiro dia deste ano 3 depósitos de armazenamento de materiais foram destruídos pelo fogo que começou às 20h30. Só foi contido no dia seguinte e não teve vítimas.

Fontes: ANN e Logi Today

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Colisão entre helicóptero e avião nos Alpes italianos deixou vários mortos

Publicado em 28 de janeiro de 2019, em Notícias do Mundo

No domingo (27) a polícia italiana começou a investigar um piloto francês pelas mortes de 7 pessoas em uma colisão entre helicóptero e avião de porte leve nos Alpes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A polícia italiana prendeu o instrutor de voo francês que sobreviveu a uma colisão em pleno ar que deixou sete mortos na região do Vale de Aosta, na Itália, na sexta-feira (25).

A promotoria acredita que Philippe Michel, de 63 anos, estava em um voo de treino com dois passageiros e tentava pousar na geleira Rutor quando a aeronave ultraleve colidiu com um helicóptero, o qual estava decolando do local após pegar um grupo de turistas no fim do dia de uma prática de esqui.

Não está claro quem estava nos controles da aeronave francesa no momento da colisão. Michel, que atualmente se recupera no hospital, poderá enfrentar acusações de negligência e homicídio culposo.

Autoridades da aviação italiana disseram que o avião atravessou o território italiano na sexta-feira sem comunicar um plano de voo ao controle de tráfego aéreo italiano.

Os destroços do helicóptero ficaram espalhados por uma área de 400 metros, disse o diretor do Resgate Alpino Paolo Comune. Os corpos foram resgatados a cerca de 50 metros dos destroços.

No domingo (27) a polícia italiana confirmou a morte de sete pessoas na colisão em pleno ar nos Alpes italianos, incluindo dois alemães. As outras vítimas eram da Itália, França e Bélgica.

Um outro sobrevivente, alemão, está recebendo tratamento no mesmo hospital que Michel.

“Milagrosamente os dois sobreviventes estão conscientes e em condição estável, embora com várias contusões”, disse Luca Cavoretto, diretor de serviços de emergência locais. “Eles têm condições de colaborar, talvez mais nos próximos dias, visto que neste momento suas memórias estão um pouco confusas”.

Fonte: The Telegraph

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância