Rede de restaurante oferece lámen de chocolate para celebrar o Valentine’s Day

A rede de restaurantes Kourakuen está servindo o “chocolate ramen” por tempo limitado. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O chocolate ramen チョコレートらーめん (Kourakuen)

Para celebrar o Valentine’s Day, a rede de restaurantes Kourakuen está servindo o “chocolate ramen” por tempo limitado.

Publicidade

De acordo com o site Nari Nari, o lámen de chocolate é feito com uma base de molho de soja (shoyu), mas com acréscimo de óleo de cacau e uma barra de chocolate. Usuários do Twitter dizem que o sabor do lámen de chocolate foi inesperadamente bom.

De acordo com a Get News, o lámen de chocolate tem um aroma muito bom. A impressão inicial do sabor é a de um lámen de shoyu. Após um tempo, frisa o site, entra o óleo de cacau. A sopa quente derrete a barra de chocolate dando ao caldo de shoyu um sabor de chocolate ao leite.

A porção de gengibre na cobertura do lámen oferece um tom picante.

O lámen de chocolate estará disponível na rede Kourakuen até 14 de fevereiro ao preço de 561 ienes.

Fonte: Kotaku

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Governo reforçará medidas para estrangeiros no caso de um grande terremoto em Tóquio

Publicado em 3 de fevereiro de 2019, em Sociedade

O ministério dos transportes informou que planeja intensificar as medidas para ajudar os visitantes estrangeiros no caso de um terremoto massivo em Tóquio.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cruzamento de Shibuya (ilustrativa/banco de imagens)

O ministério dos transportes disse na terça-feira (29) que planeja intensificar as medidas para ajudar os visitantes estrangeiros no caso de um terremoto massivo em Tóquio.

Publicidade

A resistência a terremotos de aeroporto e linhas ferroviárias também será reforçada para garantir o rápido retorno dos visitantes estrangeiros aos seus países, enquanto mais placas com símbolos serão introduzidas para ajudá-los a localizar rotas e áreas de evacuação.

O ministério também planeja notificar os visitantes sobre a possibilidade de um terremoto em seu site para estrangeiros, visto que o governo japonês espera um fluxo de 10 milhões de pessoas do exterior durante as Olimpíadas e Paralimpíadas de 2020.

De acordo com estimativas do governo, há uma chance de 70% de um terremoto de magnitude 7 ocorrer diretamente em Tóquio dentro dos próximos 30 anos e que no pior caso, o tremor poderia causar a morte de até 23 mil pessoas e destruir 610 mil casas e prédios.

Com a preocupação de que multidões vão se reunir em abrigos perto de áreas próximas aos locais de eventos olímpicos, o governo vai aumentar os estoques de mantimentos e preparar o transporte de produtos e pessoas via mar.

O Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo também revisou seu plano de desastre referente a um terremoto de magnitude 8 a 9 ao longo da fossa Nankai (Nankai Trough) que se estende ao largo da costa da central do arquipélago até o sudoeste.

A probabilidade desse terremoto ocorrer dentro de 30 anos é de 70 a 80 por cento.

O governo planeja criar um sistema para garantir o transporte uniforme de produtos fundamentais para alívio de desastre e recuperação, além de buscar cooperação de empresas de logística e operadores de portos.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância