Monte Yoshino em Nara encanta visitantes com espetáculo de primavera

Pessoas visitam o local de patrimônio mundial nessa temporada para mergulhar na paisagem espetacular de cerca de 200 espécies de cerejeiras espalhadas pela montanha.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As cerejeiras do Monte Yoshino vêm sendo adoradas e protegidas há cerca de 1.200 anos (banco de imagens)

Com aparência adequada para uma pintura, o Monte Yoshino na província de Nara está encantando os visitantes com o espetáculo anual de primavera de cerca de 30 mil cerejeiras já mostrando sua beleza ou se aproximando da plena floração.

Publicidade

Multidões visitaram o local de patrimônio mundial nessa temporada para mergulhar na paisagem espetacular de cerca de 200 espécies de cerejeiras espalhadas pela montanha, uma das áreas mais populares no Japão para visualização dessas flores.

Consideradas sagradas, as cerejeiras do Monte Yoshino vêm sendo adoradas e protegidas há cerca de 1.200 anos.

Milhares de pessoas visitam o local todos os anos (banco de imagens)

Situada próxima ao centro da província, a montanha que abrange uma faixa de oito quilômetros está dividida em quatro áreas com base na altitude, do norte ao sul. Shimo-Senbon (inferior), Naka-Senbon (meio), Kami Senbon (superior) e Oku-Senbon (topo).

De acordo com a cidade, como as árvores da área Shimo-Senbon atingiram o auge de floração em 9 de abril, as de Naka-Senbon estão em três quartos da floração e as de Kami-Senbon na metade. As sakura no topo devem atingir o pico por volta de 18 de abril.

Segundo a previsão, a visualização das flores deve durar até o fim da próxima semana.

Fonte: Asahi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

FamilyMart testa alternativas para o modelo de funcionamento 24 horas

Publicado em 11 de abril de 2019, em Sociedade

O experimento é em resposta a uma extrema escassez de mão de obra que dificultou para os donos de franquias recrutar funcionários integrais ou a tempo parcial.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Como outras redes de lojas de conveniência, a FamilyMart também enfrenta escassez grave de mão de obra (banco de imagens)

O operador da loja de conveniência FamilyMart recrutará franquias para testar horários de funcionamento reduzidos enquanto a indústria sofre com a escassez de mão de obra que tornou difícil manter o atual modelo 24 horas, soube o Nikkei.

Publicidade

A empresa, subsidiária da FamilyMart Uny Holdings, até junho deste ano, tentará fechar lojas tarde da noite aos domingos em algumas áreas, incluindo partes de Tóquio e da província de Nagasaki.

Ela testará outros horários reduzidos na área sul da província de Akita e em outras áreas de Tóquio, dentre outros locais. Espera-se que várias dezenas das cerca de 270 lojas franqueadas em regiões selecionadas concordem em participar.

Os experimentos deverão durar de três a seis meses. A FamilyMart testará outros possíveis horários, incluindo das 5h à 1h e das 7h às 23h. Dependendo dos resultados, ela vai considerar permitir horários reduzidos em certas regiões ou em dias específicos em uma base a longo termo.

Enquanto alguns locais da FamilyMart no país já tenham testado horários reduzidos, experimentos mais amplos em áreas específicas oferecerão uma imagem mais clara do impacto nas vendas das lojas e lucros, assim como ajudará a empresa a retrabalhar suas redes de distribuição. A FamilyMart também examinará o impacto em seus próprios lucros.

O experimento é em resposta a uma extrema escassez de mão de obra que dificultou para os donos de franquias recrutar funcionários integrais ou a tempo parcial.

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria pediu na sexta-feira (5) aos principais operadores de lojas de conveniência, incluindo a FamilyMart e as rivais Seven & Holdings e Lawson, que elaborassem planos para lidar com a escassez de mão de obra.

A Seven-Eleven Japan adotou horários de funcionamento reduzidos em 10 lojas operadas diretamente em caráter experimental no fim de março.

Fonte: Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância