Ouchi-juku, conheça mais esse local histórico no Japão

Ouchi-juku é uma antiga post town ao longo da rota comercial Aizu-Nishi Kaido, a qual conectava Aizu a Nikko durante o período Edo.

Ouchi-juku e suas casas com telhados de palha (banco de imagens)

Ouchi-juku, na província de Fukushima, é uma antiga post town (tipo de parada) ao longo da rota comercial Aizu-Nishi Kaido, a qual conectava Aizu a Nikko durante o período Edo.

Publicidade

Restrições estabelecidas pelo xogum exigiam que os viajantes fizessem longas jornadas a pé e, como resultado, post towns foram criadas ao longo das rotas para oferecer refeições, acomodações e descanso.

Hoje em dia, Ouchi-juku foi restaurada para parecer como ela era no período Edo. A rua principal não pavimentada é alinhada por construções feitas com telhados de palha, as quais abrigam uma variedade de lojas, restaurantes e minshuku (pequenas hospedarias tradicionais japonesas). O macarrão sobá e truta do ártico assada no espeto, pescada localmente, são especialidades locais.

Os estabelecimentos que vendem vários tipos de comidas (banco de imagens)

O antigo Honjin de Ouchi-juku, a hospedaria de base para oficiais de alto escalão do governo, também fica na rua principal e é aberta ao público como museu. Ela oferece aos visitantes um exemplo elegante e tradicional do interior de uma habitação do período Edo e inclui uma coleção de pratos, roupas e outros artefatos.

Um passeio inesquecível por esse local histórico em Fukushima (banco de imagens)

Também cabe mencionar o santuário e templo de Ouchi-juku. O templo fica no fim da rua principal no alto de uma escadaria íngreme. Os visitantes são recompensados com uma vista  panorâmica da rua principal e seus arredores. A uma caminhada de 5 minutos saindo da rua principal fica um santuário em meio a um campo de árvores de cedro. Sua atmosfera prazerosa e fonte purificação contribuem para uma visita agradável.

De noite com as luzes dando um ar totalmente diferente ao local (banco de imagens)

A Ouchi-juku fica em Shimogo, a cerca de 20Km ao sul de Aizu. A estação mais próxima é a Yunokami Onsen na linha ferroviária Aizu de onde Ouchi-juku fica a 15 minutos de táxi (cerca de 2.000 ienes só ida). De abril a novembro um ônibus opera entre Yunokami Onsen e Ouchi-juku, 1 por hora (20 minutos, 1.000 ienes para passe de 1 dia).

E no inverno, com a neve cobrindo as casas (banco de imagens)

Ouchi-juku (大内宿)

  • Site para informações: ouchi-juku
  • Há estacionamento no local
  • Toque aqui para abrir o mapa e ver a localização de Ouchi-juku

Antigo Honjin de Ouchi-juku

  • Funciona das 9h às 16h30
  • Aberto o ano inteiro
  • A entrada custa 250 ienes

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Província alerta para perigo de ataque de ursos

Publicado em 22 de agosto de 2019, em Sociedade

Quatro pessoas ficaram feridas após serem atacadas por ursos enquanto colhiam vegetais ou caminhavam em áreas na província de Akita entre 1º de abril e 20 de agosto.

Ursos correndo em propriedade na província de Akita (NHK)

Em meio a um aumento nos ataques de ursos e avistamentos, o governo da província de Akita elevou o nível de aviso para alerta na quarta-feira (21), em curso até o fim de setembro.

Publicidade

Primeiro, o governo provincial emitiu o aviso em 11 de julho, informando aos residentes em toda a província que ficassem em alerta contra ursos-negros- asiáticos.

Entretanto, o conselho local atualizou a condição de ameaça ao nível de alerta porque houve vários ataques de ursos desde o início deste mês e a colheita de nozes de fagus, das quais os ursos se alimentam, deve ser extremamente escassa.

Quatro pessoas ficaram feridas, pelo menos uma delas gravemente, após serem atacadas por ursos enquanto colhiam vegetais ou caminhavam em áreas na província entre 1º de abril e 20 de agosto, de acordo com a divisão de proteção natural do governo provincial.

Em julho, 84 ursos foram capturados como parte de controle de animais, bem acima da média de 38 para o mês ao longo da última década.

O governo provincial aconselha os residentes locais a tocarem os sinos ou ligarem o rádio quando entrarem em áreas de terra perto de florestas e não deixarem restos de comida na terra ou em cabanas para evitar encontros com ursos.

“A temporada de colheita de cogumelos entrará em curso em algum momento no mês de setembro. Gostaríamos de pedir às pessoas que usem objetos para emitirem sons e não entrem sozinhas nas montanhas”, disse um oficial do governo provincial.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros