Passeio pela famosa Rota Alpina do Japão

Essa rota exclusiva passa pelos Alpes do Norte do Japão, mas ela é fechada para veículos particulares. Veja como fazer um passeio por ela.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Murodo é a área mais visitada na Rota Alpina

A Tateyama Kurobe Alpine Route (Tateyama Kurobe Alpen Route) é uma rota exclusiva e espetacular que passa pelos Alpes do Norte do Japão o qual é atravessado por vários meios de transporte como ônibus e teleférico.

Publicidade

Concluída em 1971, a rota conecta a cidade de Toyama (província homônima) e a vila de Omachi (Nagano).

A faixa entre a estação de Tateyama (Toyama) e Ogizawa (Nagano) é fechada para veículos particulares. Ela fica completamente inacessível de dezembro a meados de abril.

Em 2020, a rota deve ficar aberta de 15 de abril a 30 de novembro.

Várias rotas estão disponíveis com partidas a partir de ambos os lados (Tateyama ou Ogizawa) e os visitantes devem pagar por cada viagem nas bilheterias ou reservar online.

A imagem mostra os tipos de transportes na rota alpina e o tempo necessário dependendo do trajeto que você quer fazer. (site oficial Tateyama Kurobe Alpine Route)

A principal atração da rota alpina é o cenário magnífico da cadeia de montanhas de Tateyama, parte do Parque Nacional Chubu Sangaku.

Os visitantes podem desfrutar de paisagens variantes durante as diferentes estações. Na primavera, a neve acumulada, principalmente em torno das faixas superiores de Midagahara e Murodo, formam um corredor de neve magnífico cujos paredões podem atingir 20 metros de altura. Uma faixa do corredor de neve em torno de Murdo está aberta aos pedestres normalmente de meados de abril ao fim de junho.

A aglomeração de visitantes na área do corredor de neve em anos antes da pandemia de coronavírus (banco de imagens PM)

Em 2020, os pedestres foi proibida a passagem de pedestres ao longo do corredor de neve devidno ao surto de coronavírus. O corredor só pôde ser visto de dentro dos ônibus. No dia da abertura, os paredões de neve chegaram a uma altura de 15 metros.

O verão e o outono atraem visitantes com belas paisagens, flores alpinas (principalmente em torno de junho a agosto) e as folhas vermelhas e laranjas de outono.

As cores do outono na rota alpina, fim de outubro de 2019

As cores do outono tipicamente atingem o auge em torno de Murodo e Daikanbo do fim de setembro ao início de outubro, e elas vão gradualmente descendo as encostas das montanhas, chegando às elevações mais baixas do fim de outubro ao início de novembro.

O ponto mais alto ao longo da rota é Murodo, o qual oferece uma variedade de trilhas para hiking que atendem tanto alpinistas experientes como aqueles que buscam uma caminhada de lazer.

As montanhas começando a fica cobertas de neve em Murodo, fim de outubro

Outros destaques da rota são o teleférico, o Tateyama Ropeway, e uma represa, a Kurobe Dam de 186 metros de altura que é especialmente espetacular quando ela descarrega água entre o fim de junho a meados de outubro.

O Tateyama Ropeway

De meados de junho até setembro as temperaturas ao longo da rota alpina são amenas, e raramente fica muito quente. De abril ao início de maio e de meados de outubro até novembro, as temperaturas são frias e pode ficar muito gelado em dias que ventam muito.

Somente uma camada de roupa é suficiente para o verão, enquanto uma jaqueta é recomendada na primavera e outono.

Bons calçados para caminhar são recomendados se você está planejando praticar hiking além das trilhas mais fáceis nas redondezas das respectivas estações ao longo da rota.

Acomodações em forma de hotéis, cabanas de montanha e acampamentos estão disponíveis ao longo da rota, principalmente em Murodo.

Ao fundo o Hotel Tateyama em Murodo

Na galeria de imagens abaixo, você pode acompanhar pela numeração (de 1 a 43) o percurso da rota alpina, partindo de Tateyama (Toyama) até Ogizawa (Nagano).

Clique na imagem para expandir

A temporada de abertura da rota alpina vai até o fim de novembro, então se você quiser fazer esse passeio ainda dá tempo.

Observações:

  • Lembre-se que a rota é longa e todos os transportes citados acima têm horário de funcionamento. Sempre preste atenção nos cronogramas para organizar o trajeto. Para aproveitar melhor o seu passeio, o site oficial da Alpine Route sugere um pernoite em algum hotel na rota.
  • Vá com calçado confortável e leve agasalho, guarda-cuva (ou capa) para se proteger, pois o clima pode mudar de repente lá em cima. Embora tenha lojas e restaurantes nos pontos das rotas, pode ser que alguma comida ou bebida não seja do seu paladar, por isso leve algo para consumir.
  • Nas bilheterias sempre há telas mostrando a situação nos pontos altos como Murodo e Daikanbo, se as nuvens estão cobrindo o local ou não, ou se está chovendo. Tome a melhor decisão.
  • A rota não pode ser explorada o ano todo. Em 2020 ela foi aberta em 15 de abril e está acessível até 30 de novembro. No verão e outono pode estar bem movimentado, atente-se a isso.
  • O estacionamento na estação de Tateyama é amplo e gratuito. Na de Ogizawa há gratuitos e pago.

Para mais informações sobre a rota alpina, toque aqui.

Imagens: PM

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Novos frappuccinos homenageiam duas províncias japonesas

Publicado em 7 de novembro de 2019, em Lançamentos

Para celebrar o 20º aniversário da Starbucks em Quioto e Hyogo a rede está homenageando cada uma dessas províncias com dois frappuccinos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Entrada de loja da Starbucks (ilustrativa/banco de imagens PM)

Faz 20 anos desde o dia em que a Starbucks chegou às províncias de Quioto e Hyogo, três anos após a rede ter aparecido pela primeira vez no país em Ginza, Tóquio, no ano de 1966.

Publicidade

Agora para celebrar o 20º aniversário da Starbucks em Quioto e Hyogo, a rede está homenageando cada uma das duas províncias com dois frappuccinos, escolhendo a partir de 30 mil votos locais que nomearam os melhores ingredientes para representar cada área.

O primeiro frappuccino captura Hyogo em um copo, e por ser a maior província na região Kansai há muitas cidades únicas e atrativas que essa bebida visa honrar. O ingrediente ganhador selecionado para representá-las foi o chocolate, como um aceno para a cidade portuária de Kobe, que vem sendo o ponto de entrada para vários doces ocidentais na região desde sua inauguração em 1868.

Hyogo Bari Choco Haitto Frappuccino (Starbucks Japan)

Chamada de Hyogo Bari Choco Haitto Frappuccino, essa bebida contém base com calda de chocolate, chantili, pó de moca escuro e chips de chocolate para oferecer um elemento “bari” (crocante) à rica bebida.

O Kyoto Erai Matcha Frappuccino é criado para lembrar alguns dos templos mais populares da província com o uso de matcha (chá verde) e creme. Dizem que a cor verde luxuosa da bebida evoca a imagem do Saisho-ji, também conhecido como Koke-dera, ou templo do musgo, em razão de seu belo jardim de musgos, enquanto o contraste entre o branco e verde dentro do copo lembra o jardim de pedras do Templo Ryoan.

Kyoto Erai Matcha Frappuccino (Starbucks Japan)

O pó de matcha e moca escuro no topo representam os tons verdes e marrons vistos nas folhas na área durante a época do outono. Usando matcha originário da região de Uji de Quioto, que é amplamente elogiada pelo seu chá verde de alta qualidade, a ideia do frappuccino é permitir aos consumidores desfrutarem de diferentes intensidades do chá verde dentro da bebida, com o amargo do matcha brincando com os toques de leite em diferentes medidas.

Ambas as bebidas estarão disponíveis no tamanho tall por 590 ienes e por tempo limitado de 12 a 21 de novembro de 2019.

Entretanto as vendas acontecem apenas nas duas províncias citadas. O Erai Matcha será vendido em 33 lojas na província de Quioto, enquanto o Bari Choco Haitto em 54 lojas de Hyogo.

Se você mora em uma dessas duas províncias ou estiver passeando por lá agora na época do outono, que tal experimentar uma delas?

Fonte: Sora News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência