Vestimenta ‘à prova de tubarão’ é desenvolvida por pesquisadores

Roupa de mergulho que reduz a perda de sangue e ferimentos é testada com tubarões-brancos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um tubarão-branco (banco de imagens PM)

Uma roupa de mergulho “à prova de tubarões” feita de um material leve recém-desenvolvido poderia ajudar a salvar vidas ao reduzir a perda de sangue e outros ferimentos causados por mordidas de tubarões, dizem pesquisadores que escreveram na Plos One.

Publicidade

A probabilidade de ser mordido por um tubarão é incrivelmente baixa e as chances de morrer em decorrência de ataques do animal é ainda menor – de acordo com o International Shark File, a probabilidade de morrer atingido por um raio é 47 vezes maior do que perder a vida por causa de uma mordida de tubarão.

Entretanto, os número estão aumentando.

Na Austrália, por exemplo, a incidência anual de mordidas de tubarão aumentou de 1 para 3 nos anos 1980 para mais de 10 nos anos 2010. No mundo, a proporção global de óbitos aumentou de 6 em 1982 para 14 em 2011.

Surfistas, praticantes de snorkeling e mergulho são os que correm mais risco, e foram as vítimas de 16, 33 e 35 por cento das mordidas de tubarão na Austrália entre 1982 e 2011. Na África do Sul e Ilha da Reunião, surfistas contaram por uma porcentagem ainda maior de vítimas de ataque de tubarão – 54 e 86 por cento, respectivamente.

Alguns sugerem que isso poderia ser causado por tubarões confundindo os surfistas com presas. Também é provável que o tempo maior que os surfistas passam na água – principalmente o tempo gasto logo pela manhã e tarde da noite – e a localização de pontos de surfe contribuam para essas casualidades.

Os problemas com as roupas de mergulho à prova de tubarões no momento são o volume e peso. Vestimentas de cota de malha criadas nos anos 1980 tem pouco uso prático com exceção quando são vestidas para alimentar tubarões. Entretanto, inovações na tecnologia permitem tecidos mais leves e resistentes que poderiam provar serem mais úteis.

Pesquisadores da Universidade Flinders, na Austrália, testaram nove variantes de dois tecidos que misturam polietileno de ultra-alto peso molecular (UHMWPE) – material que cuja descrição foi de ser 10 vezes mais forte do que o aço e 1.5 vez mais que o Kevlar – com neopreno, uma borracha sintética usada para fabricar roupas de mergulho.

Os pesquisadores testaram o material ao furá-lo e lacerá-lo no laboratório usando modelos em 3D, assim como experimentos em campo com tubarões-brancos de verdade e manequins de madeira.

Os tubarões- brancos foram escolhidos como sujeitos do teste já que eles contam por 41 por cento das mordidas não provocadas e 34 por cento de fatalidades relacionadas ao animal na Austrália – mais do que qualquer outra espécie.

Entretanto, enquanto o tecido faça um bom trabalho em reduzir a perda de sangue, pesquisadores dizem que mais estudo é necessário para ver o quão protetor é o material contra danos as tecidos humanos e outros ferimentos.

O gráfico abaixo (de junho de 2019) da Statista, mostra o número de ataques de tubarão que foram confirmados desde 1580.

Fonte: Newsweek

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Iluminação na Mother Farm em Chiba

Publicado em 30 de novembro de 2019, em Turismo em Chiba

Em sua 8ª edição de iluminação de inverno, a Mother Farm exibe muitas luzes e cores para a sua noite fria de inverno. Que tal ir até lá?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A iluminação Mother Farm: Field of Lights, em Chiba (Mother Farm)

Em 2019 o parque na província de Chiba realiza a sua 8ª edição de iluminação de inverno, a “Mother Farm: Field of Lights”.

Publicidade

Desde 2017 a iluminação do parque passou a ser realizada na “Área de Topo da Montanha”. Localizada a 300 metros acima do nível do mar, o local oferece uma bela vista da Tokyo Sbkyline completa com paisagens pitorescas do Monte Fuji e da Baía de Tóquio.

Com um local sempre em expansão, a iluminação conta com 800 mil luzes.

Para uma experiência ainda melhor, entre a bordo da roda-gigante com um pico de elevação de 330 metros e desfrute do fantástico cenário de iluminação.

Veja o vídeo mostrando como está sendo a temporada 2019-2020:

Mother Farm Illumination 2019-2020

  • Período: de 1º de novembro de 2019 a 6 de janeiro de 2020 a iluminação acontece todos os dias. De 11 de janeiro a 29 de março de 2020 somente aos fins de semana e feriados
  • Em 2019 o parque estará fechado de 16 a 19 de dezembro. Em 2020 de 7 a 10 de janeiro e de 14 a 17 de janeiro
  • Horário da iluminação: das 16h às 20h
  • Ingresso: 880 ienes (adultos) e 400 ienes (crianças)
  • Site para informações: www.motherfarm.co.jp
  • Toque aqui para ver a localização
Fonte: Mother Farm

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência