Medida de emergência do governo: empréstimos sem juros e sem garantia para PMEs

As micro, pequena e média empresas foram as primeiras a sentirem o impacto do efeito coronavírus, seja pela queda de clientes ou de baixa produção.

Maços e cédulas de ¥10.000 (NHK)

Uma das medidas urgentes do governo contra os efeitos do novo coronavírus é de ajudar as PMEs-pequenas e médias empresas com financiamento substancialmente livre de juros e sem garantia, com início marcado para 17 deste mês.

Publicidade

Afinal, os órgão relacionados às PMEs já receberam mais de 50 mil consultas, sendo que 90% são relacionadas sobre uma linha de crédito por causa da situação das empresas ou subsídio.

A meta é reduzir as taxas de juros de maneira uniforme em 0,9% para pequenas empresas e empreendedores individuais cujas vendas caíram mais de 5%, para que possam obter empréstimos no nível de 0% nos próximos três anos.

Além disso, para empresas em condições comerciais mais severas, como uma redução de 15% a 20% nas vendas, o governo compensará a taxa de juros, permitindo que elas tomem empréstimos livres dos juros, independentemente de crédito ou garantia. 

O montante máximo de crédito é de 100 milhões de ienes para as PMEs e até 30 milhões de ienes para micro empresas.

As informações serão fornecidas pelos telefones abaixo, das 9h às 17h:

  • 0120-112-476 para micro e pequenas empresas
  • 0120-327-790 para as PMEs  
  • 0120-926-478 para agricultores, silvicultores e pescadores
  • 03-3501-1544 é o balcão de consulta financeira para PMEs do Ministério da Economia, Comércio e Indústria
Fontes: NHK e Travel News

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Presidente das Filipinas ordena isolamento de Manila para conter propagação do coronavírus

Publicado em 13 de março de 2020, em Ásia

Viagens por terra, mar e ar de e para a capital serão suspensas até 14 de abril a fim de evitar a propagação do novo coronavírus.

Tráfego pesado em Manila, nas Filipinas (ilustrativa/PM)

A área metropolitana de Manila (Metro Manila) entrará em isolamento a partir de domingo (15) para conter a propagação do surto de coronavírus no país, disse o presidente Rodrigo Duterte na quinta-feira (12).

Publicidade

O transporte por terra, assim como viagens domésticas aéreas e marítimas de e para a área metropolitana de Manila serão suspensas até 14 de abril, disse o presidente, acrescentando que a situação será revista diariamente.

A área Metro Manila, lar para cerca de 13 milhões de pessoas, é a capital comercial filipina e gera mais de um terço do produto doméstico bruto do país. Não ficou imediatamente claro como a suspensão de viagens seria aplicada, visto que milhares de trabalhadores de províncias vizinhas viajam à capital para trabalhar todos os dias. O presidente encorajou acordos flexíveis de trabalho para o setor privado.

Duterte ordenou uma “quarentena comunitária” na Metro Manila, assim como medidas de quarentena similares em áreas fora da capital com pelo menos 2 casos de Covid-19. A suspensão de aulas na área metropolitana também será estendida até 12 de abril enquanto aglomerações em massa estão proibidas, disse o presidente.

O presidente filipino Rodrigo Duterte (Wikimedia/PCOO EDP)

“Eles estão como medo de chamar de isolamento, mas é um isolamento”, disse Duterte em um discurso transmitido pela TV do Palácio de Malanacang. “É uma questão de proteger e defender vocês da Covid-19”.

As medidas drásticas ocorrem enquanto o número de casos confirmados de coronavírus nas Filipinas subiu para 52 na quinta-feira. Mais 3 pacientes morreram nesse dia, levando o número de óbitos para 5.

Duterte, de 74 anos, fez um teste para Covid-19 na quinta-feira após oficiais do Gabinete que têm contato frequente com o presidente terem se submetido à autoquarentena após ficarem expostos a uma pessoa que testou positivo. O resultado do teste de Duterte deve sair em 48 horas.

Em meio a rumores de um isolamento, o pânico de compras afetou alguns estabelecimentos comerciais na Metro Manila, com as pessoas acabando com estoques de antissépticos e alimentos.

Duterte disse que poderia pedir ajuda à China se a situação do coronavírus nas Filipinas se deteriorar.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!