Funcionários são demitidos por não intervirem em ataque contra asiática

Dois porteiros foram demitidos após eles não terem intervido quando uma asiática estava sendo atacada em Nova Iorque.

Homem chuta mulher asiática em frente a edifício em Nova Iorque (Twitter/NYPD)

Dois porteiros foram demitidos após eles não terem intervido quando uma asiática estava sendo atacada em Nova Iorque.

Publicidade

A mulher foi internada após ter levado socos e chutes repetidamente no mês passado.

Vídeo de câmeras de circuito fechado pareceram mostrar funcionários no edifício em Manhattan assistindo ao ataque sem intervir.

A Organização Brodsky, proprietária do prédio, disse que os funcionários ajudaram a mulher após o agressor ter fugido.

O incidente ocorre em meio a um aumento nos crimes contra pessoas descendência asiática na sequência da pandemia, incluindo um ataque em Atlanta em que 3 mulheres orientais estavam entre os 8 mortos.

O agressor Brandon Elliot foi preso e enfrenta duas acusações de agressão como crime de ódio e uma de tentativa de agressão como crime de ódio.

Imagens compartilhadas pela polícia parecem mostrar o homem se aproximando da mulher na rua, e a chuta até que ela cai ao chão. Enquanto ela está caída no lado de fora da entrada do edifício, ele a chuta novamente na barriga e no rosto.

Funcionários no prédio parecem assistir ao ataque e um porteiro é visto fechando a porta. Os porteiros foram suspensos após o ataque, com investigação pendente.

Mais de 3.795 incidentes foram reportados à organização Stop AAPI Hate de 19 de março do ano passado até 28 de fevereiro deste ano.

Isso provavelmente conta por somente uma fração dos ataques, explicou a organização.

Estatísticas nacionais registrando crimes de ódio em 2020 ainda não foram divulgadas, mas muitos asiáticos-americanos dizem que eles observaram um aumento no número de insultos e ataques.

Fonte: BBC

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Primeiro transplante de pulmão de doadores vivos para paciente com pneumonia por causa da Covid-19

Publicado em 8 de abril de 2021, em Sociedade

O primeiro transplante do mundo realizado de doadores vivos para recuperar um caso de pneumonia grave é uma esperança.

Coletiva de imprensa às 10h13 de 5.ª feira (Yomiuri)

O Hospital Universitário de Quioto informou, na quinta-feira (8), que realizou com sucesso uma transplantação de partes dos pulmões do marido e filho para uma paciente que estava com sequelas por causa de uma grave pneumonia causada pela infecção pelo novo coronavírus. 

Publicidade

De acordo com a instituição, esse foi o primeiro transplante de pulmão de doadores vivos, no mundo, para paciente com sequelas, em tratamento por 3 meses.

No final do ano passado, ela foi infectada pelo novo coronavírus e sua condição respiratória piorou, então foi internada em outro hospital da região Kansai. A oxigenação por membrana extracorporal (ECMO) passou a ser necessária para o tratamento. 

Mesmo depois que testou negativo, os efeitos colaterais fizeram com que ambos os pulmões se contraíssem e ficassem rígidos, com improbabilidade que voltassem ao normal.

A paciente não apresentou danos a outros órgãos além dos pulmões e estava claramente consciente. Após receber a oferta de seus familiares para a doação de parte do órgão, foi transferida para o Hospital Universitário de Quioto, na segunda-feira (5) e dois dias depois parte dos pulmões do marido e filho foram transplantados na paciente. A cirurgia foi realizada em 10 horas e 57 minutos.

Atualmente está se recuperando na UTI e a previsão é que tenha alta em dois meses, podendo retornar à vida social em 3 meses. Os doadores estão passando bem, segundo o informe.  

O hospital explicou que o transplante de pulmão de doador vivo “é uma esperança para pacientes com lesão pulmonar grave”.

Por outro lado, o transplante de pulmão de doador vivo é destinado a paciente com menos de 65 anos de idade que não apresenta danos a nenhum órgão além do pulmão.

Fontes: NHK, Yomiuri e Asahi 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UNINTER - Universidade ONLINE para brasileiros no Japão!