Japão lidera G7 em taxa de vacinação contra Covid-19

A taxa de pessoas que recebeu duas doses de vacinas contra Covid-19 no Japão se tornou a maior no grupo dos países mais industrializados do mundo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A taxa de vacinação do Japão agora situa-se a 75,5% (ilustrativa/banco de imagens)

A proporção de pessoas que recebeu duas doses de vacinas contra Covid-19 no Japão tornou-se a maior no G7 – grupo dos países mais industrializados do mundo – disse o secretário-chefe do Gabinete, Hirokazu Matsuno, nesta terça-feira (16).

A taxa de vacinação do Japão agora situa-se a 75,5%, seguida por 75,3% no Canadá, de acordo com o governo.

Vacinações para pessoas que esperam receber as doses “devem ser finalizadas basicamente neste mês”, disse Matsuno em uma coletiva de imprensa.

O G7 é composto por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, embora a União Europeia também esteja representada.

Fonte: Nippon

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Operações de navios de cruzeiro são retomadas no Japão com medidas antivírus

Publicado em 16 de novembro de 2021, em Sociedade

Embarcações voltam a navegar gradualmente com medidas de segurança antivírus em curso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Asuka II no porto de Nagasaki (FNN)

O negócios de cruzeiros no Japão está sendo retomados, com embarcações voltando a navegar gradualmente com medidas de segurança antivírus em curso após várias viagens canceladas devido à pandemia.

Os principais navios de cruzeiro Asuka II e Nippon Maru haviam operado um total de 21 viagens até a segunda-feira (15), após reiniciarem as operações um pouco antes ou após o governo ter encerrado em setembro o estado de emergência do coronavírus que cobriu Tóquio e outras várias províncias.

No início de novembro, o Asuka II de 50.444 toneladas com cerca de 300 pessoas a bordo entrou em um porto em Hitachinaka (Ibaraki), tornando-se o primeiro navio de cruzeiro a parar no porto no leste do Japão em cerca de 2 anos.

Protocolos antivírus implementados por operadoras também incluem capacidade reduzida. A operadora do Asuka II, que comporta até 870 passageiros, permite apenas metade da capacidade do navio, enquanto o Nippon Maru permite cerca de 65% de sua capacidade de cerca de 530 pessoas.

Os operadores conduzirão testes de Covid-19 para passageiros antes e no dia que eles embarcarem nos navios.

Em maio deste ano, o Asuka II embarcou em uma viagem doméstica, mas teve que retornar ao porto de Yokohama após um passageiro ter testado positivo para Covid-19.

Em fevereiro de 2020, nos dias iniciais do surto da Covid-19, o navio de cruzeiro Diamond Princess foi colocado sob quarentena no porto de Yokohama após infecções terem sido descobertas entre cerca de 3,7 mil passageiros e tripulação de 56 países e regiões a bordo.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades