Nova Iorque tem 9 mil trabalhadores sob licença não remunerada por recusarem vacina

Cerca de 9 mil funcionários públicos de Nova Iorque escolheram licença não remunerada do que se imunizarem contra a Covid-19.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Milhares de funcionários públicos de Nova Iorque nos EUA, incluindo policiais e bombeiros, escolheram licença não remunerada do que se imunizarem contra a Covid-19, visto que a exigência de vacina da cidade entrou em vigor.

Falando na segunda-feira (1º), o prefeito Bill de Blasio disse que ele não previa interrupções como resultado de cerca de 9 mil funcionários públicos ou 60% da força de trabalho de 378 mil, sendo colocados sob licença não remunerada por não se inocularem.

Esses trabalhadores devem apresentar prova de pelo menos 1 dose de vacinação para retornar ao trabalho, de acordo com a ordem de 20 de outubro.

Entretanto, um cumprimento de último minuto à ordem reduziu de forma substancial o número de funcionários que podem ter sido afetados. De Blasio tuitou no sábado (30) que 2,3 mil funcionários públicos foram imunizados só naquele dia.

“Mais da metade dos trabalhadores que ainda não foram vacinados apresentaram pedidos de isenção, por motivo religioso ou médico, e esses pedidos estão sendo processados”, escreveu ele no Twitter.

O aumento de 11 horas levou para 91% a proporção dos vacinados, alta dos 86% no fim da semana passada, disse de Blasio.

O prefeito Bill de Blasio disse que a maior prioridade de segurança pública da cidade é deter a propagação da Covid-19, a qual continua causando a morte de várias pessoas todos os dias.

Fonte: Time

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Caminhão do lixo fica paralisado na cratera da rua

Publicado em 2 de novembro de 2021, em Acidentes

Quando estava trafegando um buraco se abriu e o caminhão foi engolido.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Traseira do caminhão presa no buraco que abriu enquanto trafegava (FNN)

Antes das 6h de terça-feira (2) entrou uma ligação no 110, cujo informante teria dito “fiquei preso em um buraco que se abriu na rua”. 

A ocorrência foi em Kichijoji Hon-cho, cidade de Musashino, Tóquio, em uma rua onde tem bares, clubes e restaurantes. O caminhão estava trafegando quando foi engolido pelo buraco que abriu repentinamente no asfalto.

O motorista, na faixa dos 50, conseguiu sair sozinho e não se feriu. A largura da depressão do asfalto é de cerca de 4 com 10 metros de comprimento e cerca de 5 metros de profundidade. 

“Quando vim recolher o lixo da loja em frente, o lado esquerdo do carro inclinou e começou a cair lentamente pela parte traseira”, relatou o coletor de lixo para a FNN.  

Ao lado do buraco aberto tem uma construção, onde está sendo executada a obra de fundação no subsolo. Ainda não se sabe se tem relação com a depressão do asfalto, mas a polícia está investigando.

Fontes: FNN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades