Produção de chips de Taiwan a caminho de recorde em 2021, ainda maior em 2022

Taipei e a TSMC encorajam investimento japonês na rede de fornecimento de semicondutores da ilha.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Chip de computador em circuito (ilustrativa/banco de imagens)

A produção de semicondutores de Taiwan deve aumentar em mais de um quarto neste ano para uma alta recorde, mostra nova estimativa, marcando o maior crescimento na última década enquanto fornecedores se apressam para abrandar uma escassez global de chips.

A produção crescerá 25,9% em 2021 para 4,1 trilhões de novos dólares taiwaneses (US$147 bilhões), de acordo com um novo relatório publicado neste mês pelo Centro de Estratégia Internacional, Indústria e Tecnologia (ISTI), um think tank do governo.

A produção deve continuar a expandir no próximo ano para NT$4,5 trilhões, conduzida amplamente por chips avançados, disse a ISTI. A Taiwan Semiconductor Manufactruing Co, a maior fabricante de chips por contrato do mundo, disse em 9 de novembro que construirá uma nova fábrica em Kaohsiung.

Contudo, fabricantes estão enfrentando dificuldades em acompanhar a demanda mesmo quando eles investem em nova capacidade e a escassez de chips deve continuar em 2022.

Preocupado com a possibilidade, o Ministério de Assuntos Econômicos de Taiwan realizou um seminário em conjunto com o Banco Mizuho em Taipei na quinta-feira (25) para encorajar investimento japonês na ilha. A maioria dos equipamentos de fabricação de chips e materiais usados em Taiwan vem do Japão.

Lora Ho, vice-presidente senior da TSMC para vendas na Europa e Ásia, pediu aos fornecedores japoneses que invistam em produção de gases e materiais líquidos para a indústria de semicondutores de Taiwan.

Fonte: Asia Nikkei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Cientistas alertam sobre nova variante da Covid-19 com grande número de mutações

Publicado em 26 de novembro de 2021, em Notícias do Mundo

A variante B.1.1.529 foi detectada pela primeira vez em Botsuana e seis casos na África do Sul.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

ilustrativa (banco de imagens)

Cientistas disseram que uma nova variante da Covid-19 que carrega um “número extremamente alto” de mutações pode conduzir a mais ondas da doença ao escapar das defesas do corpo.

Apenas 10 casos em 3 países foram confirmados por sequenciamento genético, mas a variante espalhou grave preocupação entre alguns pesquisadores porque várias mutações podem fazer com que o vírus evite a imunidade.

A variante B.1.1.529 tem 32 mutações na proteína spike, a parte do vírus que a maioria das vacinas usam para preparar o sistema imune contra a Covid-19. Mutações na proteína spike podem afetar a habilidade do vírus em infectar células e se espalhar, mas também dificulta para as células imunes atacarem o patógeno.

A variante foi detectada pela primeira vez em Botsuana, onde 3 casos foram agora sequenciados. Mais 6 foram confirmados na África do Sul e 1 em Hong Kong em um viajante que retornou da África do Sul.

O Dr. Tom Peacock, virólogo no Imperial College London, publicou detalhes da nova variante em um site de compartilhamento de genoma, citando que “a quantidade incrivelmente grande de mutações spike sugerem que ela poderia ser de real preocupação”.

Em uma série de tuítes, Peacock disse que ela “deveria ser muito, muito monitorada devido a esse perfil spike aterrador”, mas acrescentou que ela pode vir a ser um “foco peculiar” que não é muito transmissível. “Espero que esse seja o caso”, escreveu ele.

A Dr. Meera Chand, diretora de incidentes da Covid-19 na Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido, disse que em parceria com órgãos científicos em todo o mundo, a agência está monitorando o status das variantes da Sars-CoV-2 quando elas surgem e se desenvolvem a nível mundial.

“Como é da natureza de vírus sofrerem mutação com frequência e aleatoriamente, não é incomum que pequenos números de casos surjam destacando novos conjuntos de mutações. Quaisquer variantes que apresentam evidência de propagação são avaliadas rapidamente”, disse ela.

Fonte: The Guardian

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades