Agência Digital lançará app para simplificar entrada no Japão

Inicialmente, o app estará disponível em inglês e japonês e o governo vai considerar o acréscimo de outros idiomas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Inicialmente, o app estará disponível em inglês e japonês (ilustrativa/banco de imagens)

Visitantes e aqueles que retornam para o Japão poderão passar por procedimentos de alfândega, imigração e quarentena mais simples ao usar um app, a partir da próxima semana, disse a Agência Digital do país na terça-feira (14).

Publicidade

Viajantes não precisarão apresentar documentos em papel de CIQ (customs, immigration and quarantine) se eles se registrarem para o serviço “Visit Japan Web”, com previsão de lançamento na segunda-feira (20) via smartphone e outros dispositivos com antecedência.

A digitalização dos procedimentos deve ajudar a reduzir o risco de infecção e peso sobre funcionários em instalações CIQ de aeroportos, os quais vêm enfrentando escassez de pessoal.

Viajantes que registrarem questionários de quarentena e declarações de alfândega, dentre outras, contendo seus nomes, endereços, condições de saúde e outras informações via app serão solicitados a mostrarem apenas seus smartphones ou outros dispositivos na chegada.

Funcionários obtêm as informações dos viajantes ao escanear um código QR em seus smartphones ou outros dispositivos. O novo serviço deve reduzir o tempo dos procedimentos de entrada.

Inicialmente, o app estará disponível em inglês e japonês e o governo vai considerar o acréscimo de outros idiomas.

O Japão, assim como outros países, endureceu seus controles de fronteira em meio à propagação da variante ômicron do coronavírus, a qual autoridades acreditam ser mais transmissível do que cepas anteriores e capaz de escapar da imunidade fornecida por vacinas.

Foto tirada na Agência Digital em 14 de dezembro de 2021 do app para simplificar a entrada no Japão (Mainichi)

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Toyota anuncia produção de 800 mil unidades em janeiro

Publicado em 16 de dezembro de 2021, em Economia

No primeiro mês do ano de 2022 a montadora espera conseguir produção recorde.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Logo da montadora Toyota Motors (NHK)

A Toyota Motor Corporation anunciou na quarta-feira (15) que a produção global em janeiro de 2022 chegará a 800 mil unidades. Será a mais alta de janeiro. 

Publicidade

Devido à disseminação da nova infecção por coronavírus, houve atraso na aquisição de autopeças dos fornecedores do Sudeste Asiático, o que impactou na produção após agosto deste ano.

Deve superar o recorde de cerca de 760 mil unidades em janeiro de 2019. No mesmo mês em 2008, a produção global foi de 713 mil, sendo que em 2009 foram produzidas 740 mil unidades.

As 14 plantas do Japão deverão operar normalmente, informou a Toyota. Todas trabalharão de forma a recuperar a produção, com o plano mais elevado de todos os tempos. No entanto, o fornecimento das autopeças ainda não está estável.

“Estaremos atentos ao status de aquisição de peças e semicondutores. Tomaremos todas as medidas possíveis em conjunto com nossos fornecedores para que possamos entregar os carros o mais rápido possível“, declarou.

Fontes: NHK, CTV e Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância