Japão deve aprovar pílula anticovid da Merck em dezembro

A pílula da Merck, a molnupiravir, mostrou em testes reduzir mortes e hospitalização em 30% entre casos leves a moderados de Covid-19.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa (PM)

O Japão planeja aprovar até o fim deste mês a pílula anticovid da Merck para venda através de um processo rápido destinado a medicamentos candidatos de prioridade, disseram reguladoras na sexta-feira (3).

Publicidade

A unidade japonesa da farmacêutica dos EUA, a MSD (Merck Sharp and Dome), solicitou no mesmo dia ao Ministério da Saúde para fabricar e comercializar o medicamento oral, o molnupiravir.

Se aprovado, o molnupiravir seria o primeiro medicamento oral disponível no Japão para tratar casos leves a moderados da Covid-19.

A Merck e sua parceira dos EUA, a Ridgeback Bhioterapeutics, desenvolveram o molnupiravir como medicamento antiviral. A pílula age para suprimir a replicação do coronavírus no corpo.

O Japão já assinou um contrato de US$1,2 bilhão para 1,6 milhões de doses do medicamento.

Se aprovado, as primeiras 200 mil doses serão distribuídas a hospitais e clínicas neste mês, a outras 400 mil até 31 de março.

Anteriormente, o ministério havia aprovado tratamentos com anticorpos desenvolvidos pela Chugai Pharmaceutical do Japão e da farmacêutica britânica GlaxoSmithKline para tratar casos leves a moderados da Covid-19. Contudo, ambas as opções são administradas via intravenosa ou injeção.

A pílula da Merck pode ser tomada em casa, sem a necessidade de ir ao hospital.

O regime de tratamento envolve duas doses por dia ao longo de cinco dias. A MSD tem a esperança de que esse medicamento seja eficaz contra a variante ômicron do coronavírus.

Fonte: Asia Nikkei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Fim de semana: 245 novos casos

Publicado em 6 de dezembro de 2021, em Sociedade

Gunma foi a província com o maior número de testados positivo no país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

No sábado (4) o país teve 130 testados positivo para o novo coronavírus e no domingo (5) foram 115 em 18 províncias e aeroportos.

Publicidade

Na região Kanto, Gunma foi a província com o maior número, confirmando 30 novos casos. Tóquio teve 20, foram 5 em Kanagawa, 4 em Chiba, 3 em Saitama, 1 em Tochigi e 0 em Ibaraki.

Foram 8 em Osaka, 6 em Hyogo, 5 em Okinawa, 4 em Fukuoka, 3 em Nagano e zero em Shimane, Hiroshima, Okayama, Nara, Fukui e Shiga.

Na região Tokai foram 1 em Mie e 4 em Aichi, sendo 0 em Gifu e em Shizuoka.

Tanto no sábado quanto no domingo o país não teve nenhum óbito.

São 181 pacientes em tratamento, dos quais 29 estão em estado grave.

Na quinta-feira (2) foram realizados 24.460 testes PCR.

Dados de domingo, por província (NHK)

Fontes: News Digest e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância