Terça-feira: 116 testam positivo

O resultado do dia foi zero em 26 províncias, mas em Gunma houve aumento no cluster da fábrica em Ota.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

Em 21 das 47 províncias foram confirmados 116 testados positivo para o novo coronavírus, incluindo os 12 dos aeroportos, na terça-feira (7).

Publicidade

Foram 19 em Tóquio, 9 em Kanagawa, 8 em Gunma, 6 em Chiba, 5 em Tochigi, 4 em Saitama e 1 em Ibaraki. 

O cluster na fábrica de Ota (Gunma) aumentou pois na terça-feira foram confirmados mais 2 casos, somando 44 trabalhadores infectados.

Foram 15 em Osaka, 3 em Hyogo, 1 em Quioto, em Nagano, e em Fukuoka, 3 em Okinawa e zero em Fukui, Ishikawa, Shiga, Hiroshima e Shimane.

Na região Tokai foram 4 em Shizuoka e 11 em Aichi, sendo 5 em Kariya e 3 em Nagoia. Gifu não apresenta nenhum caso pelo quarto dia consecutivo, enquanto Mie por 2 dias consecutivos.

O dia teve 2 óbitos, sendo um em Saitama e outro em Hyogo.

São 147 pacientes em tratamento, dos quais 28 estão em estado grave.

Em contrapartida, são 1.708.481 pessoas recuperadas.

No domingo (5) foram realizados 8.863 testes PCR.

Dados por província, de terça-feira (NHK)

Fontes: News Digest, Nagoya TV, Gunma TV e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão se prepara para possível próxima onda de Covid-19

Publicado em 8 de dezembro de 2021, em Sociedade

O Japão está reforçando seu sistema médico para conter uma possível próxima onda da Covid-19.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Enquanto a variante ômicron do coronavírus toma conta do mundo, o Japão está reforçando seu sistema médico para conter uma possível próxima onda da Covid-19.

Publicidade

O Ministério da Saúde diz que hospitais têm a capacidade de admitir 37 mil pacientes de Covid-19 a nível nacional, cerca de 10 vezes a mais do que antes.

Muitos pacientes de coronavírus não foram hospitalizados durante a onda de infecções no verão passado devido a uma escassez severa de leitos. E mais, apenas 68% dos leitos hospitalares para pacientes da Covid-19 foram realmente ocupados devido a uma falta de trabalhadores da linha de frente.

O ministério está trabalhando para aumentar em 82%.

Ele planeja ter profissionais da área da saúde em prontidão que podem ser despachados a hospitais que sofrem falta de pessoal.

O Hospital Geral de Kawakita em Tóquio conseguiu aumentar o número de leitos para pacientes de coronavírus, mas há lado negativo. Takahiro Okai, vice-diretor do hospital, diz que “por eles estarem garantindo leitos para pacientes de coronavírus, isso impactará na habilidade em fornecer cuidados para outros pacientes”.

Autoridades também estão aumentando os esforços de vacinação.

O Ministério da Saúde do Japão disse que espera disponibilizar doses de reforço mais depressa. O intervalo atual é de 8 meses em geral. Até agora o governo aprovou apenas a vacina da Pfizer para doses de reforço, mas o ministério está planejando decidir em 15 de dezembro se aprovará a da Moderna também.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência