Tesla está sob investigação federal por deixar motoristas jogarem game

Tesla sob investigação por recurso que permite motoristas jogarem videogame com carro em movimento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um modelo Tesla na estrada (banco de imagens)

Reguladoras de segurança federais estão investigando a Tesla por um recurso o qual permite que motoristas joguem videogame enquanto o carro está em movimento.

Publicidade

A documentação para investigação, revelada na quarta-feira (22) pela Administração de Segurança no Tráfego Nacional de Rodovias – NHTSA, disse que o recurso, conhecido como “Passenger Play” está disponível para os motoristas desde dezembro de 2020.

Os games aparecem em um painel de toque e são destinados aos passageiros. Contudo, nada evita que os motoristas joguem enquanto o veículo está sendo conduzido, de acordo com a documentação associada à investigação.

Antes de dezembro de 2020, o gameplay era habilitado apenas quando o veículo estava estacionado, disse o documento de investigação da NHTSA.

A companhia alerta os motoristas que estão usando recursos conhecidos como “Autopilot” e “FSD”, para condução totalmente autônoma, que fiquem em alerta e mantenham suas mão ao volante.

Entretanto, a Tesla foi criticada por facilitar a distração de motoristas, assim como por várias colisões envolvendo carros no modo piloto automático.

A investigação do Passenger Play foi iniciada após uma queixa apresentada em novembro por um dono de Tesla não identificado.

Segundo a reclamação, o recurso permite jogar game e navegar na internet enquanto o carro está sendo dirigido.

Fonte: CNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Quinta-feira: mais 33 novos casos de ômicron nos aeroportos e 4 em Okinawa

Publicado em 24 de dezembro de 2021, em Sociedade

Depois dos anúncios de confirmações em Osaka e Quioto, foram confirmados mais novos casos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem do SARS-CoV-2 (Pixabay)

No final da tarde de quinta-feira (23) o MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar informou que foram confirmados mais 33 casos da variante ômicron, em passageiros testados positivo para o coronavírus.

Publicidade

São de pessoas que chegaram ao Japão entre 14 a 20 deste mês, nos aeroportos de Haneda, Narita e Kansai. A faixa etária é de crianças até na casa dos 50 anos, sendo que dentre eles 20 vieram dos EUA e 5 da Inglaterra. 

Estão todos internados, porém 29 são assintomáticos. 

Mais em Okinawa

No mesmo dia, o governo de Okinawa informou que foram confirmados mais 4 casos. São funcionários japoneses que trabalham dentro da base americana Camp Hansen, onde ocorreu um cluster com 232 militares e relacionados testados positivo.

Das 4 pessoas, são uma mulher e 2 homens que trabalham na base e uma criança estudante do primário, filha de um desses funcionários.

A soma de pessoas infectadas pela variante ômicron em Okinawa é de 10, sendo 9 trabalhadores japoneses no Camp Hansen, em Kin, e 1 no Camp Schwab, em Nago.

Fontes: NNN, Sankei e ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância