Presidente das Filipinas ameaça prender não vacinados que saírem de casa

As pessoas não vacinadas entre a população de 13 milhões da capital Manila e de outras cidades e províncias foram ordenadas a ficarem em casa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Rodrigo Duterte ameaçou prender as pessoas não vacinadas que saírem de casa (Flickr/Prachatai)

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ameaçou prender os não vacinados que violam ordens de ficar em casa destinadas a reduzir o número “descontrolado” de infecções por covid-19 conduzidas pela variante ômicron.

Publicidade

O governo endureceu as restrições em Manila e em outras várias províncias e cidades na semana passada. Pessoas que não foram vacinadas entre a população de 13 milhões da capital Manila foram ordenadas a ficarem em casa, após os números de infecções terem triplicado.

“Visto que é uma emergência nacional, está em minha posição poder reprimir” pessoas que não tomaram suas doses, disse Duterte na quinta-feira (6) em uma mensagem pré-gravada.

“Se a pessoa se recusar, se ela sair de casa e circular pela comunidade, ela pode ser contida. Se a pessoa se recusar, o comandante tem o poder de prender pessoas que resistem”, declarou o presidente.

As vacinações contra coronavírus são voluntárias na nação de mais de 100 milhões de pessoas e menos da metade da população, até agora, está completamente inoculada.

Sob restrições rigorosas, em curso até meados de janeiro, pessoas não vacinadas devem ficar em casa, saindo somente para fazer compras e se exercitar.

Fonte: The Guardian

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Dois trabalhadores morrem por queda no misturador da fábrica

Publicado em 10 de janeiro de 2022, em Acidentes

Quando, por algum motivo caíram, ficaram presos entre as peças do misturador.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bombeiros na indústria onde ocorreu o acidente (ANN)

Por volta das 14h de domingo (9), entrou um telefonema no 119 de uma pessoa dizendo “duas pessoas estão presas na máquina misturadora”, na indústria de fabricação de asfalto Tama Ascon, na cidade de Fuchu, Tóquio.

Publicidade

Tanto os bombeiros quanto os policiais foram ao local para o socorro. Cerca de 2 horas e meia depois um trabalhador, 49, foi resgatado, mas não resistiu e foi dado como morto no local. Ele morava em Annaka (Gunma).

O outro colega, 21, também foi resgatado depois e encaminhado para o hospital, onde morreu.  

Os dois trabalhavam para uma empresa terceirizada, contratada pela Tama Ascon, a qual fazia a manutenção dos equipamentos. Nesse dias os dois estavam realizando a manutenção do misturador de materiais para fabricação do asfalto e ficaram presos entre as peças.

Os peritos da polícia estão investigando a causa do acidente industrial.

Fontes: ANN, Asahi e Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades