Recorde de testados positivo em Hiroshima

A província teve o pior número de confirmações da infecção pelo coronavírus, desta epidemia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa (PM)

Na quinta-feira (13) a província de Hiroshima confirmou 805 novos casos de coronavírus, o pior desta epidemia, 38 vezes mais do que o resultado do primeiro dia do ano, o qual foi 21.

Publicidade

A maioria foi na cidade homônima, capital da província, de 415 testados positivo. Foram 95 em Kure, 81 em Fukuyama e 214 nas demais cidades.

Assim, a soma cumulativa de Hiroshima aumentou para 27.142. 

O dia teve 2 óbitos, aumentando para 205 mortes nesta epidemia.

Fontes: NHK, TSS e News Digest

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Governo japonês considera reduzir quarentena dos contatos próximos

Publicado em 13 de janeiro de 2022, em Sociedade

As pessoas que tiveram contato próximo com os testados positivo pela variante ômicron também estão em quarentena, mas há pedido de redução do tempo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Japonesa com máscara (Flickr)

A partir de quinta-feira (13) deu-se início ao diálogo, por parte do governo do Japão, para reduzir a quarentena de 14 dias para as pessoas consideradas contatos próximo de quem testou positivo para a ômicron.

Publicidade

Um dos motivos é o tempo de incubação desse vírus, de 3 dias, mais curto que a variante delta, informou o NIID-Instituto Nacional de Doenças Infecciosas do Japão. O outro é para que os trabalhadores essenciais possam ser mantidos mesmo que aconteça uma explosão de novos casos, como no dia anterior, de 13 mil, pela primeira vez em 4 meses.

“Necessitamos tomar medidas com flexibilidade. Os especialistas dizem que as funções essenciais não podem parar com o aumento repentino dos novos casos”, disse Fumio Kishida, o primeiro-ministro.

Os membros do órgão consultivo do MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar estão planejando recomendar que essa quarentena possa ser reduzida para cerca de 10 dias.

No Reino Unido, o período de quarentena voluntária para os contatos próximos é de 10 dias em princípio, mas na Inglaterra, que representa a maioria da população, foi reduzido para 7 dias em dezembro do ano passado. O governo alemão também anunciou no dia 7 deste mês que será reduzido para 10 dias, em princípio.

No caso dos profissionais de saúde, o MHLW considera adotar a realização dos testes contra covid diariamente, no caso da redução do tempo de quarentena ou de aboli-la.

Em Okinawa, até quarta-feira, 180 médicos de 20 instituições hospitalares prioritárias estão afastados com covid. São 448 pessoas consideradas contato próximo sob licença de trabalho, em quarentena. Por falta de pessoal, vários hospitais suspenderam o atendimento de emergência. 

Baseado nessa experiência, em breve o governo deverá anunciar essa redução. 

Fontes: NHK e Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância