Shiga: emergência médica diante dos aumentos de novos casos

A taxa de utilização dos leitos destinados aos pacientes com Covid-19 aumentou sensivelmente em Shiga.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de um quarto de hospital para tratamento do paciente com Covid-19 (KTV)

O governador da província de Shiga, Taizo Mikazuki, declarou emergência médica própria, na sexta-feira (14), diante do aumento de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Nesse dia foram confirmados 281 novos casos, o segundo maior número da epidemia.

Publicidade

O motivo é que a taxa de utilização dos leitos hospitalares passou de 44% na quinta para 50% na sexta-feira. Por isso, além dessa declaração de emergência médica, informou que revisou o critério de internação dos pacientes para evitar colapso no sistema médico.

Passarão a ser internados somente os pacientes em estado moderado e acima disso. Especialmente os pacientes mais jovens e com sintomas leves receberão tratamento em casa ou em instalações designadas.

Está marcada uma reunião com os médicos na segunda-feira (17) para decidir sobre a data de início desse novo sistema. 

“Dada a possibilidade de que o número de pacientes com doença moderada ou mais alta aumente e a infecção se espalhe aos idosos, é necessário renovar os padrões para que o sistema médico funcione”, declarou Mikazuki. 

Explicou que a velocidade da infecção na sexta onda é superior ao da quinta e “é preciso manter uma prontidão para atendimento médico a quem precisa de internação”.

Também informou que se a taxa de uso de leitos exceder os 70%, considera solicitar ao governo do país a aplicação das medidas prioritárias para prevenção da propagação da infecção.

Fontes: Kyoto Shimbun, NHK e KTV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Aeroportos do Japão: quarentenas dos passageiros do exterior reduzida a 10 dias

Publicado em 15 de janeiro de 2022, em Sociedade

Os passageiros que retornam ao Japão passam a cumprir quarentena de 10 dias e não mais 14 como antes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Seção de Quarentena do Aeroporto Internacional de Narita (Nikkei)

O governo do Japão anunciou na sexta-feira (14) sobre a redução de 14 para 10 dias o período quarentena ou de espera em casa, exigência aos passageiros que chegam do exterior, como medida de fronteira contra a expansão da infecção pelo novo coronavírus. 

Publicidade

A aplicação teve início à zero hora de sábado (15) para todos os passageiros vindos do exterior, sem exceção. A decisão foi tomada depois que o governo reduziu o período de quarentena para os contatos próximos das pessoas que testaram positivo com confirmação da variante ômicron.

O prazo para verificação do estado de saúde dos passageiros vindos do exterior é abreviado em 10 dias, mas continua valendo o impedimento de usar transporte público

Se a situação mudar, como em um país onde uma nova variante é endêmica, há possibilidade de voltar a determinar um período de quarentena de 14 dias, de forma específica. 

Em resposta à pandemia da ômicron, o governo reforçou as medidas de fronteira a partir do final de novembro de 2021. Em princípio, estrangeiros com visto novo foram suspensos de entrar no Japão, sendo que os japoneses e estrangeiros que retornam ao Japão foram solicitados a esperar 14 dias em suas casas ou instalações designadas. Mesmo que tenham sido vacinados, não são exceção.

Fontes: NNN e Nikkei  

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância